GOVERNADOR DO CEARÁ VISITA OBRAS E ACABA EM TUMULTO COM MILITARES

Militares deitam no chão para
impedir saída do governador
Um protesto de policiais militares e bombeiros em Fortaleza, na manhã deste sábado (17), terminou em tumulto. Ao saberem que o governador Cid Gomes (PSB) estava vistoriando uma obra próxima ao local da manifestação, os participantes decidiram ir ao encontro do governador. Pedras e garrafas pet foram jogadas no carro conduzido por Cid Gomes.

A passeata dos militares começou às 8h, na Praça do Ferreira, Centro de Fortaleza. O protesto deveria seguir para a sede do 5º Batalhão da PM, também no Centro (Rua Antônio Pompeu), mas o percurso foi alterado e os manifestantes foram para uma obra do Metrô de Fortaleza (Metrofor), na Avenida Tristão Gonçalves, também no Centro, que estava sendo vistoriada pelo governador.

Carro do governador é cercado
Com a chegada dos manifestantes, a comitiva do governador decidiu encerrar a visita. Cid Gomes caminhou sorrindo até o carro. Mas, para isso, teve de passar entre os participantes do protesto, os quais gritavam “se não melhorar a polícia vai parar” e o chamavam de "ditador".

O governador assumiu o volante do carro, seguranças e assessores tentavam liberar a passagem do veículo. Um dos seguranças do governador quase foi atropelado após cair na frente do carro e um repórter cinematográfico teve a câmera destruída durante o tumulto. Um cinegrafista do governo foi agredido e registrou boletim de ocorrência. Os manifestantes deitaram no chão para impedir a saída do gestor, mas não tiveram sucesso.

Revindicações
O protesto foi organizado pela Associação dos Policias e Bombeiros Militares do Ceará (Aspramece), a categoria reivindica, entre outras coisas, reajuste salarial e um novo concurso público.

Governo
A assessoria do governo informou que Cid Gomes vai se reunir com a mesa permanente de negociação que reúne membros de todos os sindicatos de servidores públicos, ainda nesta semana, para negociar reajuste salarial. O governador Cid Gomes, após o incidente, seguiu para outras vistorias na Região Metropolitana de Fortaleza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário