PM DA PARAÍBA É PRESO APÓS FAZER MAIS DE 20 PESSOAS REFÉNS NO RN

Um soldado da Polícia Militar do estado da Paraíba,  foi preso após manter cerca de vinte reféns sob a mira de uma arma na praia Barra do Rio, no litoral norte potiguar. O fato aconteceu na noite dessa segunda-feira (14), próximo ao local onde ocorre a travessia das balsas, no sentido Jenipabu.

De acordo com informações passadas pela Delegacia de Plantão da Zona Norte, o policial contou que estava em um passeio turístico com a namorada e um amigo, pelo litoral norte, quando deu um cavalo de pau com o veículo na areia. A manobra se repetiu e não agradou os moradores da região. Populares se juntaram e agrediram o PM. O fato aconteceu à tarde.

O policial contou ainda que após ser agredido, retornou para uma pousada com a namorada e o amigo. À noite, resolveu retornar ao local da agressão para tirar satisfação. Ele voltou sozinho e armado. Para identificar quem o agrediu, o policial passou a render todos que passavam pelo local, ordenava que deitassem no chão e perguntava pelas pessoas que o bateram. Em um determinado momento, ao ver que uma moto se aproximava, efetuou dois disparos. Os tiros não atingiram ninguém.

Uma das vítimas que estava rendida e deitada no chão conseguiu enviar uma mensagem de socorro para o pai, que é policial civil. Ele acionou as autoridades locais, que ao chegar ao local, conseguiram render o policial.

O policial foi preso em flagrante por constrangimento ilegal e disparo de arma de fogo. Ficando detido no Quartel da Polícia Militar aguardando o julgamento.

DN ONLINE

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS AOS POLICIAIS MILITARES DE EXTREMOZ E ROCAM PELO EXITO NA ABORDAGEM AO PM-PB, ESPERARAM O MOMENTO CERTO PARA ABORDAGEM, NÃO SENDO PRECISO DÁ UM TIRO,AGIRAM COM CAUTELA E PROFISSIONALISMO.

    ResponderExcluir