DOIS POLICIAIS SÃO ACUSADOS DE PARTICIPAREM DE UMA QUADRILHA DE ARROMBADORES DE CAIXAS ELETRÔNICOS

Presa quadrilha que roubou TJ e Secretaria Municipal de Educação

Chefiada pelo catarinense Antônio Carlos Marcelino, a quadrilha tinha funções bem definidas, e no momento em que foram presos, planejavam o roubo de um caixa eletrônico localizado na Estrada da Redinha, zona Norte de Natal, que seria executado horas depois.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), Sheila Freitas, os policiais militares Alisson Marcos Firmino Barbosa e Wagner José Gomes Macedo da Silva eram os responsáveis por permitir o acesso da quadrilha aos estabelecimentos que seriam roubados.

“Eles faziam o levantamento de informações e copiavam [escutavam] a freqüência do rádio do Ciosp [Centro Integrado de Operações de Segurança Pública] para que o bando não fosse surpreendido pelo policiamento” disse.

NOMINUTO.COM

3 comentários:

  1. Quem faz o errado precisa responder pelos seus atos. Ainda não foi confirmada as acusações, mas desde de já, ficamos tristes com a notícia de haver PM's envolvidos nesse tipos de coisa. Nada vale mais do que nossa liberdade!

    ResponderExcluir
  2. Sd. Souza - Mossoró8 de novembro de 2011 09:00

    Temos que banir do nosso meio esse tipo de gente que só degrada a imagem da nossa gloriosa PM. Apesar do governo nos tratar com desdem, temos que ter integridade própria para lutar pelos nossos direitos com cabeça erguida.

    ResponderExcluir
  3. Sargento Maurício9 de novembro de 2011 20:57

    Nos que compomos 99,999% desta corporação,fazemos de tudo para enaltecer o nome da Polícia Militar, aí aparece esse insignificante percentual (dois indivíduos) para denegrir a imagem que os policiais de bem procuraram construir, devemos lembrar que mesmo trabalhando da forma mais honesta possível, os nossos governantes pouco reconhecem os esforços praticado por todos. Mesmo assim vamos em frente, o homem deve ter cara e lado, denunciando aqueles que nos levam a uma situação ridícula e degradante.

    ResponderExcluir