POLICIAL MILITAR É HUMILHADO EM RESTAURANTE DA CIDADE

por Soldado Nizário
Na ultima sexta feira (23) um policial militar de uma unidade especializada da capital potiguar foi constrangido pela proprietária de uma restaurante localizado no interior da Galeria Princesa Izabel, no centro da cidade.

Um trio de PMs foi a esse restaurante para almoçar, pois esse é um dos locais que aceitam a vale alimentação pago aos policiais pelo governo. Ao colocar seu prato e sentar-se para se alimentar, o policial foi comunicado por terceiros que a proprietária do estabelecimento estaria reclamando que um dos policiais que não deixa de ser um cliente, teria colocado comida demais no prato, mesmo que isso contrarie o que tem em uma das paredes do restaurante que em uma placa tem escrito: SIRVA-SE A VONTADE.

Sabendo do ocorrido, o policial foi ao balcão com os pratos e perguntou quem seria a proprietária, que imediatamente se apresentou e novamente em voz alta falou que o mesmo havia colocado comida demais nos pratos. Nesse momento com uma grande quantidade de civis olhando o que estava acontecendo, o policial devolveu os pratos, pagou com dois vales alimentação e informou a seu comandante que pediu ao oficial de serviço para ir ao local.


Após informar a seu oficial o acontecido, o policial humilhado foi a 1ªDP na cidade, fez o B.O e se dirigiu ao juizado especial onde deu entrada em uma ação contra o restaurante.

Os vales pagos aos policiais militares tem o valor de R$6,00 o que contribui para que coisas desse tipo aconteça, mesmo que não justifique a atitude dessa mulher que recebe os vales em seu estabelecimento de livre e espontânea vontade.

Em que local de Natal você encontra almoço ou até mesmo quentinhas de R$6,00?

Os estabelecimentos que ainda recebem, fazem de boa vontade e as vezes cobram a diferença no valor para não terem prejuízo no final.

A muito tempo que vem se falando em aumentar o valor desses vales e nada até agora foi feito, precisa que pais de famílias passem por esse tipo de humilhação e fique até mesmo sem condição psicológica de tirar o serviço completo devido a incompetência de nossos governantes que nunca nos enxerga como deveria.

“Eu me senti um verme, nunca havia sentido tal coisa em minha vida”, disse o PM que aguarda ser chamado por seus advogados para a audiência que acontecerá em menos de 30 dias.

Nossos sentimentos a esse pai de família que passou o que muitos passam no estado e que teve a coragem de agir como se deve.

Vamos esperar agora a decisão da justiça!

GUERREIROS DO RN

19 comentários:

  1. Sofremos esse tipo de humilhação todos os dias mas esse irmão teve atitude e fez a coisa certa. parabéns amigo, temos que mostrar que somos membros da sociedade assim como qualquer outra pessoa.

    ResponderExcluir
  2. muito pertinente a iniciativa. Parabéns.

    Ao produtor do texto: não substitua o pronome por "O mesmo".

    Vamos acabar com "O mesmo na polícia", é muito feio.

    valeu! foi só uma dica

    ResponderExcluir
  3. Apesar de toda essa situação q com certeza foi bastante constrangedora ao policial, más o mesmo se manteve no controle e tomou a atitude correta, ou invés de bater boca e vira o fato contra o mesmo.
    Agora só falta a proprietária do estabelecimento pagar na justiça pelos danos morais causados ao PM.
    Ela vai pensar duas vezes antes de tomar outra atitude dessas.

    ResponderExcluir
  4. parabens meu irmão pois voce fez acoisa certa não discutiu e ainda por cima pagou a refeição que não consumiu. se esta comerciante tiver consciencia do que fez que eu acho dificil porque gente deste tipo so visa o dinheiro seu bem estar. mas não se preoculpe não companheiro, talvez se tivesse sido uma pessoa comum ela não teria dito nada mas como se trata de um agente público ela quis se mostrar entregue a Deus pois gente desse tipo não colhe vitorias não e sim constrangimento na vida. mas tarde talvez ela passe por uma vergonha maior do que esta que ela lhe proporcionou. forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. Agora vamos ter que começar a levar marmita pro trabalho. GOVERNO DO ESTADO RECONSTRUIR E AVANÇAR. O avanço...

    ResponderExcluir
  6. Esse vale refeição no valor de R$6 Reais é uma falta de respeito para com o Policial militar. Com esse valor, só dá mesmo para comprar um refrigerante em lata e comer um salgado. Isso contribui para que coisas desse tipo venham a ocorrer, pois se o valor fosse em média R$ 12 Reais,que seria um valor justo, tal não ocorreria.Esse valor irrisório é para humilhar o policial, e passar a falsa impressão que somos uns "POBRES COITADOS"

    ResponderExcluir
  7. Ainda somos tratados com coitadinhos, pelo governo e por muitos oficiais da nossa gloriosa. Com certeza a sociedade não nos tratará como cidadãos. Precisamos ser respeitados, pois somos cidadãos comuns e pagamos nossos impostos. Poderes constituídos vamos dá valor a classe de praça, pois os praças também são gente.

    ResponderExcluir
  8. e meu amigo samos isso fez bem não discutir com esta comerciante,por causa dos nossos governantes e presiso ingulir..mais o amigo que e bem preparado mentalmente usou de inteligencia. isso serve de exemplo pra categoria e as associações tomar atitude e da voz de comando vamos agir em conjunto.que com certeza o gov-não vai dar nada de melhor pra nós praças.........AQUARTELAMENTO JÁ.

    ResponderExcluir
  9. Policial Militar é um ser humano de capacidade sobrehumana, pois doa sua vida, sua paz, sua liberdade de pensamento e ação em troca do bem-estar alheio, nenhum companheiro deve se submeter a essa situação, com inteligencia tem que revidar como fez esse irmão, parabéns

    ResponderExcluir
  10. "Não foi bem assim que aconteceu, eu estava lá e vi tudo, vocês ouviram a dona do restaurante para escutar a versão dela. O almoço nesse RESTAURANTE custa R$8.00, a dona deixa pelo vale e não cobra diferença, o que aconteceu de fato foi que o PM em questão colocou DOIS PRATOS DE COMIDA e só queria pagar UM! Pronto está dito se eu fosse ela arrolava algumas testemunhas e movia uma ação contra ele também".

    ResponderExcluir
  11. O nome do restaurante por favor , pra nós conhecermos...

    ResponderExcluir
  12. Que isso sirva de exemplo para todos nós policiais, que sirva de estimulo para buscarmos outro emprego e melhoras na vida.

    o Estado só proporciona humilhação e vergonha.

    parabéns ao praça pelo comportamento controlado e inteligente.

    Mas fica uma dica, que devemos buscar sempre melhorias na vida através do estudo e do auto-aperfeiçoamento, pq essa PM de cobertura só da o Gorro!!!

    ResponderExcluir
  13. Em nenhum estabelecimento comercial, que serve refeições, cobra-se menos que R$12 Reais em um almoço. A menos que o policial queira se dirigir até um mosqueiro, e tentar "desenrolar" com o proprietário e assim pagar com esse vale refeição o valor de R$ 6 Reais.Esse valor é para humilhar o PM pois a sociedade ainda acha que somos uns "pobres diabos" e estamos ali de favor, se humilhando ao dono de restaurante para que ele nos socorra e mate a nossa fome. É uma falta de consideração do governo para com o policial militar um valor tão baixo que só dá mesmo para comprar um refrigerante, um coxinha e uma fatia de bolo.

    ResponderExcluir
  14. ATENÇÃO AO COMPANHEIRO QUE SOFREU COM ESSE COMETIMENTO DE CRIME.

    O ESTADO É TAMBÉM CORESPONSÁVEL, NÃO SÓ O RESTAURANTE.

    HOUVE UM DANO MORAL, POR PARTE DO RESTAURANTE, SE FOI SOMENTE A RECLAMAÇÃO PELA QUANTIDADE DE COMIDA NO PRATO E DANOS MATERIAL E MORAL POR PARTE DO ESTADO.

    É BOM ACOMPANHARMOS: ATENÇÃO OFICIAIS QUE SE DIZEM PREOCUPADOS, MINISTÉRIO PÚBLICO E SOCIEDADE CORPORATIVA, VAMOS ACOMPANHAR E COBRAR RESPOSTAS.

    ENGRAÇADO, E AQUELES QUE ENCHEM OS COMENTÁRIOS COM IMPROPÉRIOS E INSULTOS DESCABIDOS, POR QUÊ NÃO REAGEM AGORA EM PROL DOS COLEGAS?

    PRECISAMOS ACORDAR, PESSOAL, PODERIA SER COM QUALQUER UM.

    ResponderExcluir
  15. O CULPADO DISSO É O COMANDO GERAL QUE NÃO ATENTA JUNTO AO GOVERNO A AUMENTAR ESSE VALOR INSIGNIFICANTE DE 6,OO REAIS PARA PELO MENOS 8,00 REAIS. ESSE VALOR TANTO O CMDO. COMO A GOVERNADORA SABE QUE ESSE VALOR NÃO DAR PRA COMPRAR UM ALMOÇO, OU SEJA , MESMO COM ESTES VALES REFEIÇÃO ESTAMOS MENDIGANDO A REFEIÇÃO DEVIDO O VALOR SER MUITO BAIXO EM RELAÇÃO AOS ALMOÇOS OFERECIDOS NOS RESTAURANTEAS DA NOSSA CIDADE.

    ResponderExcluir
  16. Esse imbecil que escreveu ai em baixo que estava lá é um mentiroso de carteirinha ou no minimo é babão da mulher que constrangeu o companheiro que EU conheço a 11 anos e sei como ninguém de suas atitudes. Seu jumento, ele não quis pagar apenas um não. por sinal ele nem comeu nada e devolveu os pratos juntamente com DOIS vales, não foi apenas um como vc disse não. Agora faça como meu e mostre sua cara aqui, não escreva como ANÔNIMO não, seja no minimo corajoso, já qu honesto você não é!

    Ela o humilhou e não foi pouco, os outros dois companheiros que estavam com o soldado sentiram a mesma coisa que ele. Vergonha, humilhação total...

    Agora vai você lá e come com seu valezinho e depois dá um sorriso sem vergonha pra ela após ela te olhar com aquele há de nojo e desprezo.

    ResponderExcluir
  17. Ei comandante, é uma vergonha o senhor não acha?
    essa humilhação que o pm passou?
    sses vales iria passar para 08 reais e ainda tá no mesmo, peça exoneração meu comandante em nome da tropa, mostre seu valor e sua competência, que os ceroneis que tem nela, não tem competência para comandar.

    ResponderExcluir
  18. Policial Revoltado4 de outubro de 2011 11:19

    Isso é uma vergonha!! Homens valorosos saem de suas casas deixando suas familias desamparadas, sem segurança para dar segurança as classes mais favorecidas da cidade, pois a maioria dos policiais moram em bairros perifericos e perigosos, como se não bastasse, ganhamos um MISERO SALARIO, que não dá pra quase nada, pois imagine vc um pai de familia pagar aluguel,agua,luz,telefone,feira do mes,escola das crianças alguns ainda pagão pensão alimenticia com esse salario não dá mesmo!! Tem que ser um heroi! E ainda está com um sorriso estampado no rosto pra atender as ocorrencias corriqueiras, que muitas das veses quando se trata de briga de marido e mulher por problemas diversos como dificuldade financeira, são os mesmos vividos pelos policiais. Fica dificil lidar com estas situações, pois ela tambem faz parte do nosso cotidiano é o que vivenciamos todos os dias. Saimos muitas vezes de casa para o trabalho preocupados até mesmo com a alimentação de nossos familiares, pertubados psicologicamente sem poder atender o celular pois pode ser uma cobrança! parabens ao companheiro pela nobre atitude temos que nos unir pois já estamos cansados de promessas e promessas. AQURTELAMENTO JÁ!! VAMOS NOS UNIR COMPANHEIROS SE A GOVERNADORA QUISESSE JÁ TERIA DADO O SUBSIDIO. ISSO É MAIS UM JOGO POLITICO E NÓS NÃO ESTAMOS VENDO ISSO!!! PARE E PENSE POLICIAL!! JÁ CHEGA DE HUMILHAÇÃO, É NOS QUARTEIS POR ALGUNS OFICIAIS, É PELAS AUTORIDADES DO PODER EXECULTIVO E AGORA TAMBEM PELA SOCIEDADE DE MODO GERAL, ESTAMOS PERDENDO NOSSA DIGNIDADE VAMOS REAGIR A ISSO. JUNTOS SOMOS FORTES VAMOS SAIR DOS BASTIDORES E LUTARMOS PELOS NOSSOS DIREITOS. Não adianta ficar comentando na sombra da mangueira das lamentações e não fazer nada temos que agir agora. nós não nos esforçamos tanto correndo fazendo varias atividades para concorrer a uma vaga de um curso especializado seja CAT, COESP OU QUALQUER OUTRO. temos tanta garra e disposição! Então porque não usar essa mesma guarra pra lutar em prol de todos, por salarios e condições de trabalho dignas?

    ResponderExcluir
  19. Parabéns a esse exemplar policial. Ela vai se arrepender amargamente de ter feito isso. E vamos lembrar a essa mulher, que um dia ela pode precisar desse mesmo policial, a quem ela humilhou.

    ResponderExcluir