POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES X GOVERNO DO RN

Será realizada na tarde desta quarta-feira, 19, mais uma reunião entre as entidades representativas dos policiais e bombeiros militares e a equipe do Governo do Estado, na qual deverá ser apresentada uma contraproposta do governo aos valores apresentados na proposta de subsídio. A reunião será realizada na Consultoria do Estado e no mesmo local também está confirmada uma assembleia geral da categoria.

Estarão presentes na reunião o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Getúlio Rego (DEM), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e o representante da Associação Nacional dos Praças, Sd. Marco Prisco.

O governo estadual, representado pelo secretário de Administração e Recursos Humanos, José Anselmo de Carvalho Júnior, vem alegando que não tem condições de pagar a proposta requerida pelos policiais e bombeiros militares. A proposta mantida pelas entidades representativas dos policiais e bombeiros militares é de um salário de R$ 3.447 para o soldado, o que equivale a 20% do salário do coronel com valor de R$ 17 mil e um parcelamento até 2014. Já a proposta apresentada pelo governo, até o momento, é de um salário de R$ 2.700 com parcelamento até 2015. Com esse valor o soldado deixaria de receber os atuais 25% e passaria a receber 15% do salário do coronel.

Participe desta negociação, precisamos do seu apoio!

ASSEMBLEIA GERAL DA CATEGORIA
19 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA)
15:00 HORAS
EMATER / CENTRO ADMINISTRATIVO

18 comentários:

  1. E ISSO É AUMENTO???? AQUI NO SERTAO APRENDEMOS QUE DE 25% PARA 15% ISSO RECEBE O NOME DE REDUÇÃO SALARIAL RSRSR

    ResponderExcluir
  2. Essa que os governos inventaram agora de parcelar não só os aumentos, mas, até uma simples reposição salarial é demais.

    Todos sabem que os governantes querem tranqüilidade, para governarem a sem preocupação nenhuma quanto aos compromissos assumidos, principalmente no tocante aos funcionários públicos.

    Portanto, essa conversa de parcelamento é mais uma maneira de “enrolar e empurrar com a barriga” esses “problemas” que já deveriam ter tido uma solução concreta.

    Parcelamento até 2014, e até mesmo 2015, porque o governo já conta com uma provável reeleição e não quer problema no início do governo novamente, é assunto ou debate que não deveria nem existir. Deveriam ser negociados e discutidos valores com uma proposta concreta e pagamento de uma só vez, atendendo às necessidades dos funcionários, dentro das condições que fossem possíveis, mas, sempre pagos de uma só vez e em uma data já previamente determinada.

    Aí sim, 2013, 2014, 2015 e os anos seguintes, seria outra conversa, pois a própria legislação determinação a revisão anual desses valores, assim como acontece com o próprio salário mínimo, que a discussão é feita a cada ano.

    Sendo assim, deveríamos era acabar com essa de parcelamento e reivindicar a reposição em uma só parcela como antigamente, essa sim, seria a melhor proposta e pararíamos de ter essas “enrolações” em vários anos.

    ResponderExcluir
  3. Eu Celso Henrique, é bem verdade que o gov.rn. quer enrolar, eu vou para deliberação, para dormir, de consciência limpa, mais com essa classe desunida que temos atualmente, vai ficar do mesmo jeito, e sendo assim eu prefiro aguardar o aumento do salário mínimo, onde é mais vantagens para o soldado.

    ResponderExcluir
  4. essa governadora ,não tem palávra astá levando os policiais na converssa.pois todo político calça 40, ficam só enganando os praças , fazendo todos de bôbos, pais de familha que estão , sendo coagidos por uma simples palavras subsidio. paga governo o que é de direito dos policiais.

    ResponderExcluir
  5. Em certo ponto coNcordo com a sargento Regina quando ela diz que com governo não se discute, se age. Então acho que já se discutiu o que tinha de ser discutido, agora é hora de ação. FICHA LIMPA JÁ!

    ResponderExcluir
  6. ...de novo estarei lá, mesmo com a bolsa que ainda recebo(só até dezembro),de novo vou ligar e mandar mensagens para uns 15 companheiros pra ver se consigo covencê-los a lutar,se é q isso(ir a uma assembléia) pode ser considerado lutar pelos seus direitos...quem disse q seria fácil,não desisto!!!

    ResponderExcluir
  7. Todos guerreiros sabem que esse aumento é utopia. Portanto façam a parte de vcs. Ou seja, empurre o serviço com a barriga e deixei a sociedade se virar. Um dia sentirão nossa falta!

    ResponderExcluir
  8. Os vereadores de João Pessoa aprovaram nesta quarta-feira (19) por unanimidade o Plano de Cargos e Carreira e Remuneração (PCCR) da Guarda Municipal. A proposta também será estendida aos agentes de segurança e seguranças.

    Segundo o projeto aprovado hoje pelos parlamentares, os agentes da Guarda Municipal receberão como vencimentos R$ 1400 reais a partir de janeiro de 2011.

    O superintendente da Guarda Municipal, Sandro Targino, disse a aprovação do PCCR é um sonho que a categoria vinha reivindicando a mais e 20 anos.
    Para ele, isso vai oferecer um futuro melhor aos agentes. “Essa não é só uma conquista do ponto de vista pessoal, mas também institucional e coletiva”, declarou.

    ResponderExcluir
  9. Se o Governo do Estado vier com uma proposta ridicula de novo, nossos representantes tem que pedir duas coisa simples: transforme nosso salário em subsidio e envie a assembleia o artigo do estatuto que fala das promoções. pronto, vai onerar quase nada pro estado. Mas, faça!!!

    ResponderExcluir
  10. O que pensar de um governo que fecha um acordo com grevistas, promete o cumprimento do acerto para uma data se baseando em projeções de receita, estas projeções se efetivam e os administradores depois dizem que não é possível pagar os aumentos combinados?!

    Para o leitor melhor responder (nós já emitimos nossa opinião no título da matéria), veja a cronologia dos fatos abaixo e depois as matérias publicadas nos mais variados jornais da cidade, afiançando o que o resumo cronológico apresenta.

    CRONOLOGIA DOS FATOS

    Julho: Greves se encerram e Governo diz só ser possível implantar planos de cargos em setembro

    Julho: Paulo de Tarso, chefe da casa civil, assina acordo com grevistas

    Agosto: Governo bate recorde de arrecadação fiscal

    Setembro: Novo recorde e acima do inicialmente projetado pela administração de Rosalba Ciarlini

    Outubro: governo diz que não há condições de cumprir os PCCS e que só poderá pagar os aumentos daqui um ano. A LRF ainda não permite.

    Outubro: Dieese publica estudo mostrando maquiagem nas contas governamentais para não conceder aumento

    Outubro: Governo corta gastos sociais e aumenta publicidade em 120%

    MAQUIAGEM

    Dieese apontou maquiagem feita pelo governo em seus números para alegar impossibilidade de pagamento dos aumentos.

    TRISTE ANO NOVO

    Ano que vem promete. É que o orçamento para 2012 contempla cortes sociais e aumento em 120% dos gastos com publicidade.

    PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR

    O que quer o governo fazendo caixa e juntando dinheiro para 2012? Será que tem a ver com as eleições municipais?

    COMENTÁRIO RETIRADO DO SITE: CARTA POTIGUAR

    ResponderExcluir
  11. colegas,vejo que todos acompanham as noticias da reunião pelo blog de Heronides,o marcador após as sete horas marcava um acesso a cada segundo,uma previsão de mais de cinco mil acessos só no dia de hoje.impressionante!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Cara não podemos deixar passar de 2014, todo mundo sabe que ELA NÃO SE REELEGE, ninguém tá suportando essa governadora, todo mundo que agente conversa diz que o governo tá horrível e que nunca viu Natal e o RN tão jogado como com esses governos que aí estão. MICARLA FEZ ESCOLA!!!

    ResponderExcluir
  13. NA MINHA OPINIÃO O QUE ESTA DESGASTANDO A CATEGORIA É AS INÚMERAS ASSEMBLÉIAS REALIZADAS E NÃO CHEGAMOS A LUGAR NENHUM. INFELIZMENTE TEMOS QUE NOS MOBILIZAR PARA UMA POSSIVEL GREVE, SÓ ASSIM VAMOS SER VALORIZADOS. JÁ ENVIAMOS NOSSA PROPOSTA E O GOVERNO PENSA QUE SOMOS PALHAÇOS. SABEMOS QUE PROPOSTA DE POLÍTICO NEM SEMPRE SERÁ CUMPRIDA, PRINCIPALMENTE ESSA A LONGO PRAZO. NA MINHA OPINIÃO PARA PRÓXIMA ASSÉMBLÉIA DIA 21 NO CLUBE TIRADENTES DEVEMOS CONSULTAR OS PRESENTES PARA UMA PARALIZAÇÃO CASO A PROPOSTA DO GOVERNO NÃO SEJA SATISFATÓRIA PARA CATEGORIA.

    ResponderExcluir
  14. essa governadora não tem palavra mesmo. vilma de faria ,bem que falou. que ela não era flor que se cherace.. esse mízéro sarárioziho para pagar até 2015 daqui pra lá não vale mais nada.e mesmo que 350reais, não vai dar para sobreviver,a bolça formação não vem mais e ai? quem vai nus ajudar?ela não quer viver com esse saláriozinho que auer dá para os policiais,e penssar que eu ajudei essa praga a ganhar.

    ResponderExcluir
  15. VAMOS TODO PARTICIPAREM DA ASSMBLÉIA GERAL NO PRÓXIM DIA 21/10/11 ONDE DAREMOS A ULTIMA CHANCE PRA O GOVERNO APRESENTAR UMA PROPOSTA CONCRETA.CHEGA DE ENROLAÇÃO...EU VOU E VOCÊ.NOS ENCONTRAREMOS SEXTA-FEIRA ÀS 09:00 NO CENTRO ADMINISTRATIVO NO PRÉDIO DA EMATER.A SUA PARTICIPAÇÃO SERÁ FUNDAMENTAL PARA OBTERMOS A VITÓRIA.VENHA E TRAGA A SUA FAMILIA...PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM,PORQUE A LUTA É NOSSA...

    ResponderExcluir
  16. Senhores, sexta-feira dia 21/10, iremos iniciar o movimento POLICIA LEGAL e TOLERÂNCIA ZERO!! Mas é preciso que todos realmente participem, não serei hipócrita, com poucos ou com muitos a resposta dela poderia ser a mesma sim, mas com a adesão de todos nos movimentos e assembléias, com certeza ela (governadora) irá sentir a força que essa categoria tem. Por isso, faço um apelo não só por mim, mas por todos que querem valorização, compareçam, venham para este que promete ser um um dia que ficará para a história da instituição, e que o governo venha a pensar duas vezes antes de querer brincar conosco. COMPAREÇA SUA PARTICIPAÇÃO É CRUCIAL!!!!!!! DIA 21/10 ÁS 09:00 am.

    ResponderExcluir
  17. Cavaleiro Templario20 de outubro de 2011 16:48

    Movimento " Policia legal" não funciona aqui no RN. Tem muito chupeta que fica dormindo na quadra fria do QCG se aventurando a tirar um serviço e ganhar R$ 50 Reais. Esse governo vai ficar só enrolando, marca reunião e depois reunião e depois outra reunião e no fim das contas não resolve nada.Se fosse " Zé malvadeza" já tinha resolvido isso há muito tempo e todos já tinham morrido de fome.Qual a solução agora? radicalizar? aceitar essas migalhas? esse governo vai nos massacrar e não vai da nada.

    ResponderExcluir