GOVERNO RECEBE NOVA PROPOSTA DAS ASSOCIAÇÕES

Na nova proposta apresentada pela Categoria Militar prever um reajuste a partir de junho do ano que vem com subsídio para o Coronel de R$ 11.300,00, e demais patentes escalonadas em porcentagens a partir desse subsídio, começando pelo Soldado em 20%, Cabo 25%, 3º Sargento 30%, 2º Sargento 35%, 1º Sargento 40%, Subtenente 50%, 2º Tenente 55%, 1º Tenente 60%, Capitão 70%, Major 80%, Tenente-Coronel 90%. As Associações também pedem o envio para a Assembléia Legislativa a Lei de Promoções de Praças, o Código de Ética além da Lei do Subsídio.
"Iremos fazer uma análise do impacto dessa nova proposta apresentada pelas Associações nas contas do governo, conversar com a Governadora Rosalba Ciarlini, e logo depois no reunirmos para dar uma resposta concreta sobre o pleito", disse Anselmo Carvalho.
"Foi uma reunião democrática, franca e com diálogo aberto. A nova proposta das Associações será analisada e na próxima reunião esperamos encontrar um denominador comum", falou o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Araújo. 
"Na negociação houve uma nova proposta das Associações que será analisada pelo Governo com a possibilidade de chegarmos há um bom termo", analisou também o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Elizeu Dantas. 
Se o governo for justo e preocupado com a valorização e função policial e bombeiro militar irá aceitar a nova proposta das associações, pois a tabela apresentada irá corrigir as distorções geradas pelos governos anteriores. Caso não ocorra de imediato, que aconteça gradativamente. Cabo Heronides, Policial Militar.

13 comentários:

  1. Cavaleiro Templario22 de outubro de 2011 16:30

    Com essas propostas ridículas que o governo vem oferecendo,onde a diferença salarial de uma graduação para a outra chega a ser de 2% fica difícil de acreditar que esse subsidio de fato possa ser colocado em prática. Dinheiro o estado tem de sobra, falta apenas interesse e vontade de valorizar a categoria , apenas isso e nada mais. Ainda acredito que diante dos fatos já apresentados,nós dificilmente iremos receber esse subsidio, e se for aprovado, será com valores totalmente diferentes desses propostos pelas associações e terão índices devidamente "ajustados" diante da realidade do governo. Em suma,no final das contas teremos todos uma desagradável surpresa em vermos os vencimentos completamente diferentes daqueles apresentados pelas associações. A DECISÃO FINAL CABE A GOVERNADORA DO ESTADO, E SOMENTE ELA É QUEM DEFINIRÁ OS VALORES A SEREM PAGOS E AS DATAS...

    ResponderExcluir
  2. Toda e qualquer tabela tem que ter os índices percentuais específicos com os números pré-definidos e escalonados desde o Soldado até Coronel.

    Dessa forma fica mais fácil entender que não teremos prejuízos futuros, pois uma tabela vertical com esses índices já definidos sempre foi um objetivo da categoria PM para definir os vários cargos, entre postos e graduações existentes na PM.

    Lutemos sempre também pela paridade salarial, que é outra conquista importante da categoria, para que todos os ganhos e benefícios sejam estendidos aos policiais inativos e a pensionistas, pois todos estamos caminhando para lá, ou seja para a reserva remunerada, se Deus quiser, e também, que os familiares não fiquem desamparados em caso do desaparecimento de algum companheiro nosso, que é um risco que todos os policiais estão sujeitos, e que não somente nós, mas a nossa família tenha orgulho não só de nós, mas da própria Corporação. Pois se não nos preocuparmos com isso agora e sempre, depois não poderemos reclamar.

    Com esse índices, sempre vamos nos preocupar em verificar apenas a base ou topo, sem criar problemas nem dificuldades quando da implantação de reajuste em qualquer tempo que for.

    Parabéns a todos os envolvidos na negociações, Comandantes das Organizações PM e BM e de todas as demais associações. Vamos mostrar para "técnicos do estado" que nós sabemos o que queremos, vamos trabalhar apenas com um número base, porque os demais valores automaticamente serão definidos pelo escalonamento.

    ResponderExcluir
  3. Não sei exatamente o motivo pelo qual quiseram deixar do lado de fora da sala da reunião o Cb Heronides e Sd Gláucia.

    Como bem disse Gláucia em uma de suas respostas aos comentários, eles também exercem a função de jornalista enquanto editores de blogs, e portanto, merecem o nosso respeito pela forma com que se comportam, sem denegrir ou manchar a imagem de quem quer que seja, sem radicalismo, mas tentando mostrar a verdade.

    Parabéns, continuem assim e que Deus vos abençoe!!

    ResponderExcluir
  4. Representante de Associação tenta impedir presença de policiais blogueiros na reunião do subsídio
    10 comentários Posted by Soldado Glaucia em outubro 22, 2011
    Antes de iniciar a reunião com o Governo do Estado sobre a implantação do subsídio, representantes de associações de policiais e bombeiros militares tentaram impedir a presença de policiais blogueiros na sala de reunião.

    O Cabo Heronides e a Soldado Glaucia foram surpreendidos com a solicitação do Cabo Jeoás, presidente da Associação de Cabos e Soldados da PMRN, para que os mesmos não acompanhassem a reunião no interior da sala, alegando que ambos passariam informações para os policiais e bombeiros militares que estavam na frente do Centro Administrativo.

    Apesar da solicitação do Comandante Geral, Coronel Araújo, em apenas desligar os celulares dos presentes, o presidente da ACS/PMRN reiterou a solicitação da saída dos policiais blogueiros, alegando não pertencerem a qualquer associação.

    A presença do Cabo Heronides e da Soldado Glaucia na reunião só foram concedidas graças ao intermédio da Consultora Geral do Estado, Dra. Tatiana Cunha, e do Secretário de Segurança e Defesa Social, Dr. Aldair Rocha.

    O Cabo Heronides e a Soldado Glaucia, atualmente, levam a informação para os operadores de segurança pública do Estado através de seus respectivos sites, mantendo sempre informados os PM’s e bombeiros sobre as negociações referentes ao subsídio.

    ResponderExcluir
  5. NUMA MANHÃ DE CERIMÔNIAS E VISITA DA SENHORA GOVERNADORA, EM PLENO COMANDO GERAL DA PM RN, A PRÓPRIA DE POSSE DA PALAVRA, ANUNCIOU A IMPLEMENTAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO DOS SOLDOS DOS POLICIAIS MILITARES DO RN EM SUBSÍDIOS, COMO TAMBÉM A EQUIPARAÇÃO DOS SALÁRIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POTIGUAR.

    EM DATA DE 7 DE SETEMBRO, DESFILE DAS FORÇAS ARMADAS E AUXILIARES, EM NOVA VISITA NO COMANDO GERAL, A GOVERNADORA ANUNCIOU E RATIFICOU TUDO O QUE ESTÁ ACIMA DESCRITO, E, AINDA DESAFIOU OS POLICIAIS E DEMAIS PRESENTES A ACREDITAR EM SUA PALAVRA, POIS A MESMA NÃO SERIA UM RISCO N'AGUA.

    DEIXANDO DE LADO O SUBSÍDIO, DE RESTO, NADA DO QUE ELA ANUNCIOU ESTÁ ACONTECENDO E MAIS UMA VEZ, FOMOS ENGANADOS.

    AGORA, CREIO QUE ESSA PROPOSTA APRESENTADA, NÃO É DE TODO RUIM, POIS NÃO FICAREMOS ESTAGNADOS, EREMOS UM PLANO DE REAJUSTES ANUAIS QUE ALGUMAS PESSOAS INSISTEM EM AFIRMAR QUE É "ANUÊNIO". É PRECISO FICAR CLARO QUE SALÁRIOS PAGOS ATRAVÉS DE SUBSÍDIOS, NÃO ADMITEM NENHUM TIPO DE VANTAGENS AGREGADOS A ELES. O QUE ACONTECE É QUE COMO É CONSIDERADO SOBREVIVÊNCIA ALIMENTAR, SOFRE VARIAÇÃO ANUAL, PARA NÃO FICAR ESTAGNADO.

    IRÁ VALORIZAR O TEMPO DE SERVIÇO, ISSO É POSITIVO.

    CREIO QUE A DEMORA EM IMPLEMENTAR E CONDICIONAR À LEI DE RESPONSABILIDADE, SEM SEQUER BUSCAR FORMAS ALTERNATIVAS DE CUMPRIMENTO DESSE ACORDO, É PREOCUPANTE, E NÃO PODE FICAR DESAPERCEBIDO NO MOMENTO DAS NEGOCIAÇÕES.

    NÃO SE PODE FICAR ACONDICIONADOS A POSSIBILIDADE DE NÃO TER COMO PAGAR, SENÃO TODAS AS VEZES VAI SER O MAIOR ESTRESSE, NUNCA VAI HAVER DINHEIRO, POIS DESDE QUE ME ENTENDO POR GENTE O ESTADO NUNCA SAIU DO LIMITE PRUDENCIAL, SEMPRE ESTÁ NO VERMELHO.

    VAMOS BATALHAR NESSE FOCO, DAI SAIREMOS VITORIOSOS.

    ResponderExcluir
  6. ILUSTRE CAVALEIRO TEMPLÁRIO, VOCÊ ESTÁ ENGANADO COM A DECISÃO FINAL DESSE ASSUNTO. COM TODA CERTEZA E COM AS PALAVRAS DO VICE GOVERNADOR, QUEM VAI DAR A PALAVRA FINAL É O MARIDO DA GOVERNADORA, POIS ESTE É QUEM DEFINE TUDO NESTE GOVERNO E PONTO FINAL.

    ResponderExcluir
  7. Mas que regressão na negociação. essa matematica ai é furada!

    ResponderExcluir
  8. Essa proposta de governo já e augunha coisa para o soldado, o problema e que, os sargentos querem ganhar o dobro do soldado e alguns ficam nos destacamentos pousado de delegados e humilhando os soldados, sendo que a maioria deles são jurunas analfabetos de pai e mãe, a proposta esta boa, mas pode melhora,desculpe o desabafo mas aque no auto oeste os sargentos gostam dese tipo de coisa.

    ResponderExcluir
  9. Participação.É a mola mestra para a conquista que tanto almejamos,portanto,os companheiros não estão participando.Muitos não participam por se encontrar de serviço.Sobre compromisso todos nós temos,mas é necessário um sacrifício,priorizemos estas reuniões se ficarmos em casa não obteremos êxito.Os outros decidirão por você,por uma causa sua,e se não for do jeito que você esperava,oque vais dizer,criticar?não é justa sua ausência!! Levanta e anda preguiçoso.

    ResponderExcluir
  10. Cavaleiro Templario23 de outubro de 2011 20:22

    Prezado amigo que postou esse comentário das 10h e 21 min.Estás certo em informar e desabafar o que ocorre em algumas regiões conforme você disse, onde muitos sargentos querem dar uma de "delegado" e dessa forma humilhar os soldados. Eles estão errados com essa atitude,agora em relação a um sargento ganhar o dobro de um soldado,isso é uma coisa normal, levando-se em conta que deve existir um escalonamento vertical, portanto tem que haver diferença entre graduações, pois não adianta um soldado ganhar R$1800, um cabo 1840, um 3° SARGENTO 1900 e assim por diante, pois deve haver sim uma diferença e consequentemente uma valorização desses profissionais. O que tem de acontecer, é a promoção de soldados e cabos que já estão há 15, 20 anos na PM e não são reconhecidos, agora tem sim que haver diferença de salários entre uma graduação e outra, porque senão, não vai valer a pena estudar para um concurso interno, fazer um curso de formação e depois de se graduar, ganhar apenas 30 ou 40 reais a mais.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo Cavaleiro Templario >>> CONCORDO COM NÚMERO, GÊNERO E GRAU COM VC, ESSE ANÔNIMO AÍ PARECE QUE É UM CARA Q NUNCA PENSA EM CRESÇER PROFISSIONALMENTE. DIFERENÇÃS EM TODOS EMPRESA, INSTITUIÇÃO, TODAS TEM OS EU GRAU DE HIERARQUIA, O ENGENHEIRO NUMA FIRMA TEM DE GANHAR MELHOR DO QUE UM PIÃO, ISSO É NORMAL DA FUNÇÃO QUE EXERCE, AGORA O CARA SÓ QUER PENSAR EM SÍ AÍ FICA COMPLICADO COLEGA.

    OBG PERLA OOPRTUNIDADE E ATÉ MAIS BREVE.

    ResponderExcluir
  12. CB ERONILDES E SD GLÁCIA - VCS DOIS COLOQUEM O SEU PONTO DE VISTA PARA OS LEITORES ENTENDER QUE O SOLDADO PRECISA SER VALORIZADO, MAS NÃO PRECISA DESVALORIZAR O CB EO SGT NÃO, POIS TODOS NÓS SOLDADOS ALMEJAMOS UM DIA QUEM SABE SAIR GRADUADO. O PESSOAL TEM DE PARAR COM ISSO DE ACHAR QUE PQ O PM É UM SOLDADO TEM DE SER O MAIS FAVORECIDO, VALORIZADO, TEM DE SER VALORIZADOS TODOS NÓS, DENTRO DA GRADUAÇÃO QUE ESTAMOS NO MOMENTO E EU UM DIA SAIU CABO VÉI NESSA PPPPPPPPPPP... VCS VÃO VER. KKKKK

    ResponderExcluir
  13. Anônimo disse...

    A fixação de índices é de suma importância para a que a categoria tenha um uníco foco na luta por melhores salários. Apartir desta fixação será garantido que todos da categoria se unam para elevar a base salarial, subsídio pago ao Soldado, o que será prontamente transmitido as outras graduações e postos, com isso haverá realmente a união entre todos pela elevação da remuneração de toda a categoria. Portanto devemos trabalhar o mais tecnicamente possível em cima deste argumento para que a categoria seja esclarecida sobre a importância desta fixação e que estes índices sejam realmente vistos como justos por todos os integrantes da PMRN.
    Devemos após esta fixação lutar para que haja também a promoção de todos em tempo justo, pois é direito que todos tenham acesso às promoções.


    Acho que aqui nesse comentário resume tudo que estamos precisando colegas.

    ResponderExcluir