FORMATURA MENSAL DA PMRN

Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 27, a formatura mensal dos policiais militares no Quartel do Comando Geral da PMRN.

Cerca de 500 policiais de todas as unidades militares da Região Metropolitana ouviram do Comandante Geral, Coronel Araújo, algumas declarações.

Que apoia o Movimento Polícia Legal, mas se mostra preocupado que os policiais na executem o serviço por falhas mínimas, “Encostar a viatura porque os pneus estão carecas é correto, mas parar a viatura devido o não funcionamento de uma lanterna é injusto”.

O coronel Araújo acredita que as negociações com o governo chegue a um entendimento na próxima reunião, segunda-feira, 31, com a implementação do subsídio e regulamentação dos índices, onde o soldado receberá 20% do subsídio do coronel, independentemente de valor.

Afirmou que infelizmente existem representantes que estão utilizando a negociação com interesses políticos e que isso deve ser eliminado, pois a luta do subsídio, não é uma luta de uma única pessoa e sim da coletividade.

O comando informou que os vales alimentação dos policiais militares terão o valor de R$ 8,00 e no mês de novembro serão distribuídos entre os municípios da região metropolitana. E que espera a chegada das pistolas .40 do estado de São Paulo, para distribuir entre todos os policiais militares.

Nesta formatura, o comando não comentou nada sobre a realização dos concursos para Sargentos e Cabos, pelo andar da carruagem, estes concursos não irão acontecer no ano de 2011. 

Restando a categoria permanecer mais um ano na graduação de soldado. E continuar solicitando ao comando a realização imediata dos concursos de sargentos e cabos, pois existem cerca 2000 vagas e já completaram 15 anos que não são realizados tais concursos.

13 comentários:

  1. A demanda de tanto tempo, sem haver concurso interno para terceiro sargento e cabo, demonstra, sem sombra de dúvida, uma grande falta de interesse pelos praças por parte de quem deveria ser mais zeloso. Ademais, este fato tira a motivação de muitos, que sonham subir os degraus da hierarquia.
    Natal/RN, 27/10/2011
    Sub Júlio
    Site: ribeirorochajulio.no.comunidades.net
    E-Mail: julioribeirorocha@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Resumindo: essa formatura nãos serviu de nada, só para dizer oq todo mundo já sabe. nada de concreto.

    ResponderExcluir
  3. Quero saber por que só os polícias do município da região metropolitana terão direito ao vale alimentação? Por quê Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó, que também são cidades grandes, não faz jus a esse vale? Por quê não se respeita o princípio da isonomia?

    ResponderExcluir
  4. concordo com o cel Araújo essas negociações ja deveriam ter terminado,tem alguns companheiros das associações que não são politico, e sim,são politiqueiros vamos nos unir para resolver logo esta questão do subsídio a politica so começa o próximo ano a credito que o cel Araújo terá abilidade para por o fim esta questão do sub.......Assina primeiro sagento pm E Silva

    ResponderExcluir
  5. “Encostar a viatura porque os pneus estão carecas é correto, mas parar a viatura devido o não funcionamento de uma lanterna é injusto”. (sic)

    Sou totalmente a favor do Movimento Polícia Legal e principalmente em relação à segurança dos policiais militares, que diuturnamente laboram em benefício da sociedade, arriscando a vida por força do próprio ofício que exercem, aumentar esses riscos por irresponsabilidade de alguém, aí já é demais.

    No entanto, acho que não devemos radicalizar e permitir que "forças ocultas" se aproveitem da situação e se utilizem desse momento para fazer proselitismo político.

    Mas, concordo plenamente também com o Sr Cel Cmt Geral em suas palavras como reproduzi no início deste comentário. Existem problemas e problemas. Alguns realmente são mínimos, e com pouca coisa se resolve até mesmo em qualquer local que se estiver. Problemas mínimos se resolvem usando o bom senso, até mesmo em uma fiscalização policial, no caso de trânsito principalmente, como a própria legislação prevê soluções que podem ser dadas nos próprios locais que forem observadas.

    Digo isto, porque alguns aproveitadores desse momento poderiam observar que existem alguns policiais que deveriam adotar tal procedimento também em sua conduta particular, ou seja, andando sempre de acordo com a legislação vigente, inclusive em veículos particulares.

    Não são a maioria é claro, mas que existe, existe policial que às vezes não queira ajudar a solucionar um pequeno problema numa viatura, mas não se importa em andar em um carro particular alterado (documentação atrasada, lanterna ou farol apagados, sem portar a própria CNH, dentre outros).

    Sendo assim, como já falei, sou totalmente contra a execução dos serviços sem que seja dada a mínima condição ao policial. Avante Movimento Polícia Legal! Mas vamos ser justos, comecemos a nossa lição em casa, para que possamos dar exemplo e cobrar os nossos direitos sem peso na consciência.

    Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
  6. Será se apenas os policiais da região metropolitana tem "bucho"? Na 3ª CIPM os PMs fazem suas refeições em casa, abandonando provisoriamente o serviço. Nos destacamentos a situação é bem mais complicada: os PMs mendigam dos prefeitos as suas refeições (eles não tem obrigação de fornecer), quando são fornecidas, os nossos guerreiros cozinham, quando tem gás, sua própria comida. As Leis, Regulamentos, Portarias (aqueles conjuntos de normas que também dizem que "ao militar é proibido o sindicalismo e greve...) determinam que é dever do estado assegurar a alimentação do PM de serviço. Os demais funcionários públicos já saem com suas diárias nos bolsos, para se alimentar onde bem entenderem. Para a Policia Militar impera as "leis da vista grossa, do empurrar com a barriga e do ouvido de mercador".

    ResponderExcluir
  7. Caros colegas, vejamos nossa situação: categoria sem ascenssão há 15 anos p/ concurso de sargento e 10 anos p/ cabo, categoria da segurança que ganha o pior salário, menos até que um guarda- municipal, categoria que mais trabalha nesse Estado, porém a menos valorizada, desacredita, com uma estrutura totalmente destruida, instalações fisicas inadequadas, batalhoes que parecem uma casa velha, CIAs e Destacamentos nem se fala, vtr sucateadas, trabalhamos mais que qualquer categoria, muita vezes tres vezes mais, porem companheiros continuamos desvalorizados, por este governo, portanto temos que nos unir e mudar essa realidade, por um salário mais digno, pois merecemos e não somos reconhecidos, vamos paralisar, nossas atividades , pois só assim seremos ouvidos, infelizmente o governo não escuta categoria trabalhando, vamos começar com a policia legal, parando as VTR e depois se não surtirem efeitos vamos, paralisar geral, pois não tenho medo de assumir o serviço em uma VTr sem nenhuma condição arriscando a própria, trocando tiros com bandidos, porque terei medo de lutar por melhores salários, vamos todos unidos em busca de dignidade salarial, pois fazemos jus, portanto colegas de farda, vamos lutar todos juntos, paralizar geral, para que esse governo nos escute, paralisar já!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, meu nome é Clayton, sou policial miliar. É interessante com nosso comandante é inteligente. Encostar uma viatura porque um pisca está quebrado está correto. Se fosse um carro particular? Não teria que deixar de circular? Qual motivo? Um pisca quebrado pode significar risco de acidentes e quem sabe até morte. Quem vai se responsabilizar por isso? Ele diz que acredita que a negociação será concretizada na próxima reunião. Acho que não! Se tivesse de ser concretizada o governo não estaria empurrando com a barriga até hoje com enroladas acima de enroladas e ludibriando os policiais militares. O comandante falou das pistolas. Vejam bem: respeito o comandante geral, é um homem inteligente! Porém sei que ele está em um cargo de confiança e creio que ele está tentando apaziguar as coisas para não perder a confiança da governadora. Ele não está errado não! Até eu faria o mesmo. É um homem bom, porém, ele está querendo acalmar a tropa para não sobrar para ele, ou seja, não quer perder o comando. Ele está mostrando os lados positivos: falando que as melhorias virão, pistolas serão distribuídas, os tickets alimentação vão aumentar ara R$ 8,00 (detalha, se não me engano a polícia civil recebe R$ 10,00), etc. Como disse respeito, mas acho que devemos lutar pela nossa melhoria salarial e não esperar a boa vontade de uma governadora que está enganando uma classe que, acredito eu, é uma das principais classes de funcionários públicos do RN. O que adianta esperar de boa vontade, acreditar que vamos receber pistolas e, no entanto, não termos condições de prestar uma assistência eficiente à nossa família, criar nossos filhos com decência. Pessoal, somos policiais militares, nossa função é muito importante para a população. Já pensou se a polícia parasse um dia apenas 100%? O caos que estaria nas ruas! Temos que nos unir. Dou até um conselho: vamos estudar e cair fora desse negócio. Conheço a polícia há anos, sou filho dela e sei que sempre vai ser assim, a não ser que queiramos mudá-la e acredite, nós podemos, basta querermos. Até quando vamos viver assim, discriminados, maltratados pelo governo? Pensem bem nisso.

    ResponderExcluir
  9. é um absurdo a policia militar pagar alimentaçao so pra regiao metropolitana, e os policiais das demais regioes CMT nao sao seres humanos, nao se alimentam, ou o CMT é de acordo que os destacamentos continuem submissos aos prefeitos,que é quem dertemina que devem e quem nao pode ser preso e que suas ordens nao forem cumpridas de imediato eles cortam a alimentaçao tendo o pracinha ter que pagar do propio bolço, seria interessante que o propio CMT visitasse os destacamento pessoalmente sem que os comandantes de batalhoes soubece com antecedencia.

    ResponderExcluir
  10. Amigo kevin lira, mesmo os problemas sendo mínimos, nós policiais não temos obrigação de resolvê-los. A PM deve resolver. Mesmo que uma laterna não esteja funcionando por causa de uma lampada que custe 5 reais, A PM é que deve comprá-la. Nós já ganhamos pouco e ainda temos que comprar peça de viatura? tá errado amigo. Se estiver em desacordo com as leis, o veículo não deve trafegar até que a instituição resolva o problema!

    POLÍCIA LEGAL

    ResponderExcluir
  11. Esses vales já estão saindo desatualizados, com um valor irrisório desse.

    É por isso que as coisas não andam. Não se resolve nada. Ora, se era para aumentar o valor, que aumentasse no mínimo para R$ 10,00 (Dez reais), porque do contrário, os policiais já os receberão com outro problema, como já disse: com valor desatualizado. Como é que querem que a segurança pública funcione.

    Deveria ser implantado para todos os PMs do estado, principalmente os do interior, que a dificuldade é maior, os valores em dinheiro, com uma etapa fixa nos contracheques, só assim, o policial escolheria o local mais adequado para pegar o QTL onde achasse conveniente, sem problema de um local aceitar tal valor ou não, por seria pago em dinheiro. Dessa forma, amenizaria o problema.

    É imoral e uma vergonha!

    ResponderExcluir
  12. Por isso a evasão tão grande da policia militar, os policias se não conseguem canalizar seus potenciais para estudar para concurso interno , então estão estudando para atividades fora da policia , o que culmina na saida destes da corporação militar

    ResponderExcluir
  13. Caro colega Alfredão, eu não quero dizer que os policiais têm a obrigação de resolver os problemas sozinho, mas fazem parte do conjunto.

    Você está corretíssimo em seu comentário, mas quando se fala em uma lâmpada, é muito fácil, porque em qualquer local se pode fazer uma substituição, é só querer, e dinheiro para isso tem. Nos próprios batalhões poderia ter reserva para substituição de alguma peça que exija serviço mão de obra mais complicada.

    Mas também, o que eu quis dizer é a respeito de nossa conduta em nossos próprios veículos particulares, devemos ter tudo legalizado também, a fim de que não sejamos exemplos negativos.

    Que esse movimento continue forte, só assim, a sociedade começará a sentir as consequências da não valorização do policial, e que esta mesma sociedade também tem responsabilidade em cobrar do governo o investimento devido através de seus próprios impostos, que aliás, é uma maiores cargas tributárias do mundo.

    Um abraço e estamos juntos nesta luta. O que não devemos é deixar que alguém se utilize desse momento para tirar proveito particular para atingir seus objetivos, muitas vezes escusos!

    ResponderExcluir