DOIS PMS SÃO BALEADOS EM BRIGA DE TRÂNSITO E UM NÃO RESISTE E MORRE A CAMINHO DO HOSPITAL

Hoje (21) por volta das 15h, dois policiais militares lotados no Batalhão de Assú foram alvejados no cruzamento das Avenidas Dr. Luiz Carlos com Sen. João Câmara supostamente durante discussão de transito e um deles não resistiu e foi a óbito.

O soldado Carlos Santos Cavalcante estava em moto Honda Biz de cor preta e placas JRY-0204 e o Sd Rômulo Gabriel Barbosa da Silva em outra moto tipo Honda Bross de placas NNW-6297.

Segundo informações colhidas no local os PMs foram atingidos por disparos de arma de fogo vindo dos ocupantes de um veículo tipo Parati de cor azul de placas e motorista não identificados e que saíram com destino a cidade de Caraúbas.

A suspeitas de que o autor dos disparos seja um policial da reserva.

Os PMs foram rapidamente socorridos ao Hospital Tarcísio Maia de Mossoró, mas infelizmente o Sd Rômulo não resistiu aos ferimentos e morreu ainda a caminho do atendimento médico. O outro guerreiro continua internado.

Mais uma vez a família policial militar do Rio Grande do Norte chora a perca de mais um irmão de farda de forma covarde em 2011. Já são 15 PMs que em menos de um ano.

GUERREIROS DO RN

6 comentários:

  1. ola companheiro nao e caraubas e sim carnaubais

    ResponderExcluir
  2. e AI GOVERNO? JÁ PENSARAM SE NA PROXIMA OCORRÊNCIA NÃO SERÁ UM DO GOVERNO OU FAMILIARES DESTES, JÁ QUE SEGURANÇA PARA VCS É COMO PIZZA, COMEU ACABOU?

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei qual a dor maior, ter recebido a notícia q mais um companheiro foi morto e outro ferido ou a especulação de q tenha sido possivelmente um policial da reserva.
    Onde iremos para nós com essa onde de violência.
    Só a misericódia e a graça do Senhor em nossas vidas, para nos protejer desse mundo mal.

    ResponderExcluir
  4. que DEUS mande seus anjos para ajudar o policial que luta para fazer o bem.

    ResponderExcluir
  5. Olá companheiros do nosso Brasil boa noite a todos; com relação a esse episodio que houve em Assu RN,não foi um policial da reserva. Já foi identificado o autor desses disparos contra esses policiais do 10º BPM, esperamos que os direitos humanos faça sua parte, visitando essas famílias que teve como vitima desse assassino membro de suas famílias.

    ResponderExcluir
  6. Não foi policial da reserva. houve um engano. Quem matou o policial foi um bandido, cabra de peia conhecido popularmente em Assú por Elizeu Fonseca (bandido de alta periculosidade).

    ResponderExcluir