PROERD FORMA INSTRUTORES E CONFIRMA CONVÊNIO COM BANCO DO NORDESTE

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) firmou uma nova parceria nesta sexta-feira (9). O Banco do Nordeste (BNB) e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

O convênio visa possibilitar a compra de instrumentos e equipamentos musicais que serão utilizados pelo Proerd, nos eventos que promove nos 42 municípios em que atua do Rio Grande do Norte.


O governo pretende levar o projeto a todos os 167 municípios do Estado, uma vez que o Proerd pretende formar cem novos policiais militares que participaram dos cursos dos currículos de Educação Infantil e Educação Fundamental I e II.

As aulas foram destinadas a PMs da Companhia Independente de Prevenção ao Uso de Drogas (Cipred) e voluntários de Batalhões e Companhias de Polícia, proporcionando o conhecimento, nivelamento e atualização das informações necessárias ao desenvolvimento das atividades junto à comunidade escolar na prevenção ao uso de drogas e a violência nas 800 instituições de ensino já beneficiadas.

Para o auditório lotado de autoridades civis, militares, policiais e convidados, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, disse:
“O Proerd é uma tropa de elite da corporação, que não usa armas, que vence e convence com o uso da palavra, que tem muita força”.
Coronel Araújo lembrou que em abril de 2010, eram apenas 60 PMs que integravam o Proerd e hoje esse número é de 266.

O secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Aldair da Rocha, que representou a governadora Rosalba Ciarlini, disse que investir no Proerd é ter a certeza que o investimento está sendo feito da maneira correta, pois os resultados até agora obtidos comprovam a eficácia do Programa na prevenção às drogas.

A coordenadora do Proerd, tenente-coronel Margarida Brandão Fernandes de Araújo, ressaltou o apoio que o Governo do Estado tem dado ao Proerd e anunciou que, pela primeira vez, as cartilhas que serão usadas pelos instrutores, em salas de aula, foram compradas pela administração estadual. Cem mil cartilhas serão entregues ao Programa ainda este ano.

Durante o evento, apresentações de músicas religiosas, animação com o Palhaço Picolé que é o cabo PM Iran, que trabalha em Jardim do Seridó e é instrutor do Proerd, e a interpretação de uma história pela garota Talita, portadora de necessidades especiais visuais.

Editado através da reportagem do Diário de Natal.

Um comentário:

  1. A Polícia Militar do RN está de parabéns por ter um programa tão bem sucedido quanto o Proerd. Esses policiais são verdadeiros anjos da guarda e merecem toda a atenção e carinho de toda a população Potiguar. Espero que eles realmente sejam reconhecidos ai no RN e valorizados.

    ResponderExcluir