PERDEMOS A MORAL E O RESPEITO?

O fato que ocorreu na cidade de Coronel Ezequiel/RN, demonstra que nós policiais militares não estamos sendo respeitados, ou seja, perdemos a moral.

Leia a reportagem da Tribuna do Norte:
Dez homens armados invadiram a cidade de Coronel Ezequiel, distante 141 quilômetros de Natal, renderam policiais, e explodiram um caixa eletrônico, mas não conseguiram levar o dinheiro da máquina. O grupo fugiu com seis reféns, depois liberados na estrada. Dois policiais levados pelos assaltantes foram abandonados sem roupa, já na Paraíba.
Por volta da meia noite desta quarta-feira (14), a quadrilha chegou ao município, em uma caminhonete. Os bandidos abordaram um vigia que realizava a segurança de um posto de combustíveis, na companhia de três adolescentes. Os quatro foram levados pelos homens até a delegacia local, onde estavam dois policiais militares.
A quadrilha rendeu os PMs, que, junto com os outros reféns, foram levados até um terminal do banco Bradesco, no bairro do Centro. Depois o bando explodiu o caixa eletrônico, mas não conseguiu levar o dinheiro. Da DP, os criminosos roubaram a viatura e os armamentos. Os adolescentes e o vigia foram liberados na estrada, ainda perto de Coronel Ezequiel. Com os policiais militares os assaltantes agiram diferente: retiraram a roupa, e os algemaram em uma cerca no município de Salgado (PB). Nesta cidade, o grupo roubou um veículo Doblo, pertencente à prefeitura. O automóvel foi encontrado em Parnamirim.
A caminhonete usada para cometer o crime também foi abandonada junto com os PMs. O grupo fugiu na viatura policial, com destino ignorado, e a polícia ainda realiza diligências para encontra-los. Segundo o sargento Lopes, da polícia local, a cidade conta com um efetivo de oito policiais, sendo que apenas dois atuam diariamente no município, cumprindo escala de 24h.
É necessário que a Secretária de Segurança tome providências que faça ressurgir a credibilidade e o repeito da PMRN para com a sociedade. Não podemos continuar sendo humilhados pela bandidagem. Nós somos a Polícia!

15 comentários:

  1. essa é a situação da pm do rn que o governo e o comandante diz que da segurança a população, se nem eles pm estão seguro, governo deixe de brinca com a vida dos pms, valorize e der condição de trabalho para os pm poder combater esses bandidos como eles merecem.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, nós somos a polícia. Todos algemados diante de bandidos, até de outros estados, as autoridades competentes precisam tirar as algemas da polícia e dar credibilidade para nossa tropa. Precisa deixar de tratar bandido como cidadão e deixar a polícia tratar bandido como bandido. Investimentos em armamentos, em equipamentos modernos, em viaturas, salariais para o policial trabalhar certo de que vai enfrentar pelo menos de igual a bandidagem. Tirem as algemas da polícia, deixem a polícia tratar o bandido como bandido. Ao nosso comandante eu só tenho a elogiar e agradecer pelo desempenho para com nossa categoria, ele está sendo um ótimo policial. Ao nosso governo, olhem para a televisão os bandidos, no ritmo que vai vão chegar até vocês e vocês vão precisar de polícia... A ´polícia é para atender a todos da sociedade... Somos policiais militares com honra...

    ResponderExcluir
  3. Isso só vai mudar quando os bandidos chegar a uma cidade desta, invés de irem a delegacia for à casa dos políticos principalmente se forum do PT, ai vem logo um delegado investigar o caso, no interior tem cidade trabalhando apenas com um policial e todos sabem disto (trabalhando não pastorando o prédio) isso e uma palhaçada e os palhaços somos nos

    ResponderExcluir
  4. Sd PM Júlio César14 de setembro de 2011 16:28

    Ao Anônimo que diz: "Ao nosso governo, olhem para a televisão os bandidos, no ritmo que vai vão chegar até vocês e vocês vão precisar de polícia..."

    Os bandidos já chegaram até a Governadora quando assaltaram a fazenda dela lá em Mossoró, ou será que os companheiros ainda não sabem por qual motivo foi criado o 12° BPM em Mossoró????

    ResponderExcluir
  5. Cabo, essa sua imagem postada pra retratar tal ocorrência muito triste pra mim e família, no mínimo é ridícula diante do que passei, pois a mesma dá a impressão mais de chacota do que de solidariedade a mim ao meu companheiro e família. Lhe respeito sem ao menos o conhecer e recomendo que o senhor retire essa imagem, pois a mesma não tradu, com certeza, o sentimento que nós veradeiros policiais militares estamos sentindo nesse momento. Sem mais, lhe agradeço desde já!

    Wilson Filho.

    ResponderExcluir
  6. Sessa é a situação da PM do RN que CMT autoridades competentes vamos parar de brinca com a vida dos pms, valorize e der condiçâo de trabalho para poder combater esses bandidos como eles merecem MEYRE/NATAL

    ResponderExcluir
  7. "SEM PUNIÇÃO, AFIANÇAVEL" ESTAS DUAS PALAVRINHAS ESTÃO FAZENDO OS CRIMINOSOS AGIREM SEM SE PREOCUPAR COM AS CONSEQUENCIAS,FAZENDO COM QUE OS POLICIAIS FIQUEM DE MÃO ATADAS CONTRA OS CRIMINOSOS, PARA QUE PRENDER SE AMANHÃ ESTARAM SOLTOS ESSE E NOSSO "BRASIL" ENQUANTO O GOVERNO PENSA EM CONTER GASTOS COM PRESOS E AINDA GANHAR COM FIANÇAS NOS POLICIAIS QUE SE F...

    ResponderExcluir
  8. ACHO QUE ESTAMOS SENSO TRATADOS DESTE JEITO É PORQUE O COMANDANTE FICA APENAS BATENDO ESTEIRA PARA A GOVERNADORA E SE CALA DIANTE DE MUITAS DAS REVINDICAÇÕES.

    ResponderExcluir
  9. "...deixem a polícia tratar o bandido como bandido."

    Alguém já ouviu falar na nossa gloriosa Legislação Brasileira? Mais precisamente no nosso tão adorado Direitos Humanos? Instituição "Não governamental", ou seria Direitos do Bandido??? Alguém aí conhece algum advogado tão humano a ponto de defender marginais fudidos de graça? Será mesmo que não existe financiamento criminoso? Claro que não, tá na lei Brasileira.

    Se por acaso, algum desses PMs humilhados aí de repente, por azar do destino tivessem oportunidade de pegar uma arma e detonar a os "protegidos pela lei", o que teria acontecido, alguém sabe? Estaria fudido dentro da lei. Tô errado?

    Parabéns PMs de serviço, eu não os conheço, não queria estar nos vossos lugares, mas estão vivos, de acordo com nossa legislação, é é a nossa única forma de comemorar.

    ResponderExcluir
  10. Os ultimos acontecimentos na capital e no interior vem retratando a realidade da Segurança Pública do Estado. Os Vagabundos, bandidos perderam não só o respeito pela polícia mais tambem o medo, pois sabe q tem um grupo grande q se diz defensores da minoria q so querem aparecer defendendo bandido.
    É direitos " humanos"? esses caras lá são humanos ao contrário são totalmente desumanos.

    ResponderExcluir
  11. Enquanto os "direitos humanos" impedir a Polícia de colocar a bandidagem no lugar que tem que estar a tendência é só piorar, infelizmente. Se mandassem esses caras pra vala, outros pensariam 2 vezes antes de fazer a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  12. Falam em "tratar bandidos como bandidos" como se os policiais em questão tivessem ao menos tido a chance de fazer isso...

    Na realidade, quando os bandidos querem, eles subjugam e pronto, e por uma razão muito simples: bandido não alega que não tem dinheiro pra comprar arma, ou carros ou qualquer equipamentos na hora de assaltar.

    Eles estão bem equipados, bem treinados até. Possuem métodos, recursos, e a certeza de impunidade. Mas mais do que isso..

    Eles têm certeza de que quando chegarem a um município de menor porte não encontrarão resistência, mas sim uma guarnição com 2 homens, uma viatura caindo aos pedaços e um par de armas enferrujadas.

    Aos companheiros, felicidades por estarem vivos. A vergonha não se preocupem, pois essa deve ser debitada da conta do Estado.

    E que Deus proteja a todos nós que trabalhamos nessas condições, expostos a esse tipo de coisa e muito piores, pois felizes os que são deixados vivos por esse tipo de bandido, que a nossa legislação tanto protege!

    ResponderExcluir
  13. POUCAS PALAVRAS PARA TENTAR ESCLARECER AS ETERNAS DÚVIDAS QUE PIPOCAM NAS CABECINHAS DOS IRMÃOS DE FARDA PESSIMISTAS E COM SENTIMENTOS DERROTISTAS.

    SE "QUEM MANDA NA POLÍCIA É A POLÍTICA", ENTÃO PARA QUE O ESPANTO E A INDAGAÇÃO SE PERDEMOS A MORAL E O RESPEITO?

    COM A CONSTITUIÇÃO DE 88 E O CRESCENTE AVANÇO DA CRIMINALIDADE NAS CAMADAS MAIS ABASTADAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA, QUE CONFUNDEM A LIBERDADE DE EXPRESSÃO COM LIBERTINAGEM DO PRAZER E O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO COM ESTADO DEMONÍACO DO TUDO PODE FAZER POIS É DENTRO DA LEI, COMO TAMBÉM ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO COM DIGNIDADE DE MIM MESMO...

    NÃO PODEMOS ESPERAR OUTRA COISA SE NÃO MUITA INJUSTIÇA SOCIAL E COVARDIAS.

    A SUPERLOTAÇÃO DOS PRESÍDIOS ESTÁ RESOLVIDA COM A FLEXIBILIZAÇÃO DA REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL QUE PARA NÃO PRENDER NINGUÉM, FAZ-SE TRANSAÇÃO PENAL ATÉ NA HORA DA PRISÃO PELO PRÓPRIO DELEGADO; DELITOS COM PENA TRANSITADO EM JULGADO DE ATÉ QUATRO ANOS DE RECLUSÃO SÃO AMENIZADOS E LIBERADOS OS INDIVÍDUOS; NAS RUAS A ABORDAGEM SÓ PODE SER EFETUADA SE ALGUM ILÍCITO JÁ ESTIVER EM ANDAMENTO, OU HOUVER UMA RECEPÇÃO LETAL - CADÊ A PREVENÇÃO OSTENSIVA DA POLÍCIA MILITAR COM O FITO DE COIBIR A PRÁTICA DO DELITO????????

    ENTÃO SENHORES, NÃO TEM NADA DE "MORAL" OU "RESPEITO", É SIMPLESMENTE ESSA DEMOCRACIA PODRE QUE EQUIVOCADAMENTE FOI SE INSTALANDO NESTE PAÍS, EM AÇÃO.

    ResponderExcluir
  14. Minha gente, o problema não é efetivo, poderia ser dois, três e até quatro policiais, mas diante de 10 assaltantes fortemente armados com a certeza da impunidade dentro deles, não tem efetivo que resolva. Quanto mais policiais, mais assaltantes virão. O que tem que mudar são as leis desse país, que só dão benefícios aos criminosos.

    ResponderExcluir
  15. não vou disse qual o municipio no interior que trabalha a penas con um policial por motivo de segurança mais tem e eu provo por que conheço os mesmos

    ResponderExcluir