PARALISAÇÃO DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS INICIA NESTE SÁBADO

Os agentes penitenciários deflagraram uma greve por tempo indeterminado. A decisão foi informada após uma reunião com o secretário estadual de Justiça e da Cidadania (Sejuc) Tiago Cortez, em que a categoria não teve suas reivindicações atendidas pelo Governo.

Durante a reunião, o sindicato apresentou uma pauta de reivindicações, solicitando a nomeação imediata de 15 agentes penitenciários, a realização de cursos de formação para outros 600 novos agentes, aquisições de viaturas-celas, armas letais, não-letais e coletes, a construção de unidades prisionais e o reajuste salarial. Mas, a exemplo do que o ocorreu com as demais categorias que deflagraram greves este ano, o Governo afirmou que só negociaria caso a categoria retornasse as atividades normais.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores e Agentes Penitenciários do estado (Sindasp/RN) há 9 meses o sindicato apresentou um relatório mostrando o “caos” em que se encontrava o sistema presidiário do estado e os pontos da pauta estavam previsto para serem cumpridos no final de agosto desse ano. Agora, o Estado aponta para um atendimento apenas a partir 2014.

Esta semana a categoria realizou uma paralisação de advertência o que deflagrou motins em várias unidades prisionais. E, segundo o sindicato, isto voltará a ocorrer, por tempo indeterminado, neste sábado (17), com a redução do efetivo e o corte de escoltas para audiências.

NOMINUTO

2 comentários:

  1. Adivinha quem vai cobrir o serviço dos grevistas? O FBI, A KGB ou a PM. A civil entra em greve, nós vamos para as delegacias, os agentes penitenciários entram em greve, nós vamos para os presídios, se nós entrarmos em greve, quem nos cobrirá?

    ResponderExcluir
  2. É amigão. E a administração no nosso estado ainda insiste em não convocar os mais 800 pais de família que estão aí na lista de espera da boa vontade desses F%$%¨ da P%$%#$!!!

    Iramar
    Natal

    ResponderExcluir