A NOVELA DO SUBSÍDIO DOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES

1º Capítulo

Desde março do corrente ano estamos em negociação para implantação do nosso Subsídio. O texto, fruto de várias reuniões entre oficiais e praças está pronto, sendo analisado pela consultoria do estado. O problema é a questão da tabela dos vencimentos que causa impacto financeiro e precisa se adequar as possibilidades de pagamento do Estado em obediência a Lei de Responsabilidade Fiscal.

2º Capítulo

Na elaboração da tabela foi sugerido que o soldado deveria receber o equivalente a 30% do valor recebido pelo Coronel.

3º Capítulo

O Coronel fez entender que deveria ser o mesmo que o delegado especial que hoje recebe R$ 17.000,00. Com isso o soldado com 30% receberia pouco mais de R$ 5.000,00.

4º Capítulo

Vendo que o governo não teria condições de pagar conforme os valores apresentados, foi rebaixado o índice do soldado 20%, ou seja, 3.400.

5º Capítulo

Na primeira reunião marcada para o dia 19 de setembro, foi apresentado todos os outros capítulos anteriores ao Governo que informou o montante do impacto financeiro e marcou uma nova reunião para apresentar contraproposta.

6º Capítulo

No dia 27 de setembro o Governo apresentou uma proposta onde os valores se aproximam dos recebidos pelos policiais civis. O soldado R$ 2.770 e o Coronel R$ 17.200. Seria a tão sonhada isonomia entre as instituições de segurança pública do Estado do RN. Mas o problema é que este valor está sendo pago hoje e o governo quer pagar isso a PM/BM até 2015.

Estamos em negociação, esta foi a primeira proposta apresentada pelo governo.

A proposta apresentada é uma afronta a dignidade do policial militar. O governo apresentou uma simulação de como tudo irá piorar até 2015. Se levarmos em conta o salário mínimo, o poder de compra que receberíamos no final em 2015 seria menor do que estamos recebendo hoje. E a Policia Civil em 2015 quanto estará recebendo?

A novela terá outros capítulos

Espero que os militares do Estado do Rio Grande do Norte não sejam apenas espectadores. Procurem participar ativamente, como atores principais, coadjuvantes, participação especial, ou mesmo que esta participação seja como figurantes. Se o final será feliz ou triste dependerá do empenho que cada um.

Sd Canindé
Diretor Administrativo Financeiro da ABM-RN
ABM-RN

32 comentários:

  1. A melhor forma de resulver isso seria equiparando o salario do Sd com o salario dos APCs, reduzindo nos niveis percentuais entre os niveis hierarquicos. Dessa forma o impacto seria menor e nosso aumento estaria condicionado ao da policia civil. Por mais que aparentemente seja nao melhor que a proposta anterior, nossos salarios nao seriam depreciados pois estaria condicionado a PC

    ResponderExcluir
  2. ADICIONAL NOTURNO
    Devemos procurar as melhorias para nós policiais militares, então, comecemos a olhar para a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil e procurar o que deu certo nestes órgãos e que pode ser implantado no nosso. Por exemplo a PRF recebe adicional noturno. Isso mesmo, adicional noturno! Você pode se perguntar agora: Como se eles recebem subsídio?
    Apesar de subsídio ser uma parcela única, não impede que se receba diária ou mesmo adicional noturno.
    Agora você pode dizer: Mas nós assim como eles trabalhamos por escala. Como pode então?
    Vejamos não são todos os policiais que trabalham na mesma escala. Não são todos os policiais que trabalham de madrugada, por exemplo, quem trabalha em repartições não trabalha a noite. Desta forma para nós que estamos nos batalhões de área (na rua), teremos pelo menos uma coisa boa com relação aos que se “escondem” nas repartições. Não podemos ser vaidosos, assim que as associações procurem saber se o que acaba de ser relatado é verdade e se for o caso procurar saber junta a PRF, se bem que acho que isso não é necessário, afinal de contas para que servem os advogados das associações.

    Um abraço... Com a palavra todas as associações!

    ResponderExcluir
  3. Com toda essa novela do subsídio, o governo ainda quer fazer concurso para que mais 500 soldados se formem e se decepcionem na PM-RN em 2012. Tenho uma sugestão para os governantes: por que vocês não valorizam e investem em quem já está na guerra diária, na operacionalidade, em vez de encher as ruas de PMs sem motivação e frustrados? Eu acredito que seja mais eficiente 1 PM bem equipado e remunerado do que 10 sem colete, com um RV 38 e trabalhando preocupado em como vai pagar a escola e o plano de saúde da filha.

    ResponderExcluir
  4. A SOLUÇÃO É NAUM ABRIR UM "PREGO" COMO DIZ O MATUTO! CONCORDO COM O ANÔNIMO QUE DISSE DA EQUIPARAÇÃO COM A "CIVIL" É SÓ ISSO, PEDIR PARA EQUIPARAR E PRONTO, O GOVERNO É QUE SE VIRE, É ASSIM QUE A POLICIA CIVIL FAZ E OS DELEGADOS NAUM PODEM FAZEREM NADA, PORQUE OS OFICIAIS INTERFEREM NOS INDICES DE REAJUSTES DOS "PRACINHAS"? ACHO QUE FALTA PULSO NAS NEGOCIAÇÕES, ABRAM OS OLHOS ASSOCIAÇÕES E QUALQUER ERRO NAS NEGOCIAÇÕES É DE VC´S, OU NÓS QUE ESTAMOS CONFIANTES NAS ASSOCIAÇÕES É QUE ESTAMOS ERRADOS? ESPERAMOS QUE NO DIA 10/10/2011 TODAS AS ASSOCIAÇÕES FAÇAM O QUE TEM PARA FAZEREM SIMPLESMENTE "CORAGEM".

    ResponderExcluir
  5. É amigos erramos feio quando visamos só o nosso reajuste, pois o que deveríamos brigar pra valer é a DESMILITARIZAÇÃO da PM!

    ResponderExcluir
  6. Sd PM Júlio César30 de setembro de 2011 15:48

    Bem que essa história do Subsídio daria uma bela novela!

    Autora: Rosalba Ciarline;
    Atores Principais: Os representantes das Associações;
    Meros ilustradores: À POLÍCIA MILITAR DO RN.

    ResponderExcluir
  7. Pessoal,já escutei inúmeros oficias pedindo apoio dos praças para que aceitem esta miserável proposta.

    Obs: o cara tem a cara de pau de dizer que desse jeito já tá de bom tamanho e os praças deveriam aceitar.
    Realmente tá bom pra els.Pois um 2º tenente irá ganhar cerca de 8.000 reais em 2015 e quanto ficará 2.700 em 2015???

    Um coisa eu vos digo:

    Se caso haja uma paralisação,mais uma vez nenhum desses parasitas irá nos apoioar.

    ResponderExcluir
  8. 30 de setembro de 2011 às 15:18
    Estado fica acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal

    As políticas de contenção de gastos desenvolvidas pela governadora Rosalba Ciarlini ainda não foram suficientes para retirar o Estado da delicada zona do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal no gasto com pessoal.

    O balanço do segundo quadrimestre do ano apontou que foram gastos com pessoal R$ 2.851.197.823,98. Esse valor coloca o Estado abaixo do limite total da Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de R$ 2,901 milhões de gasto com pessoal. No entanto, o Governo continua acima do limite prudencial.

    Na prática, a divulgação do balanço do quadrimestre aponta para os servidores que os reajustes das categorias não deverão ser implantados, enquanto essa situação perdurar.

    ResponderExcluir
  9. Não vamos cair em converça de oficial não a Gonvernadora não mexeu no deles pra isso,eles ficarem tentando convercer os bestas mas ninguém vai cair nessa não.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo disse

    Companheiros eu não estou gostando dessa novela não, eu acho que os pepinhas vão é dançaar no final desta novela ...

    È amigos a solução é estudar e partir para outra novela pois esta já deu o que tinha de dar.

    Só nos resta agora esperança, Felicidades a todos.

    (SD Francinaldo/6º BPM)

    ResponderExcluir
  11. IMPLANTAMENTO DA TABELA QUE DIMINUI A DIFERENÇA ENTRE SOLDADO E CORONEL!!!!

    CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  12. no 4° bpm ja se fala em paralizaçao o nosso unico questionamento sao com os covardes dos batalhoes "especializados" que nao fazem o movimento conosco e queimam os Bpm de Area, mas quando o beneficio vem e para todos..

    ResponderExcluir
  13. caros colegas,vejo com preocupação o desfecho destas negociações,haja vista não termos o direito de greve.os parlamentares do nosso estado podem corrigir este detalhe com uma simples lei, ou o prprio governo do estado falta apenas vontade política, alguém tem que fazer alguma coisa´,principalmente agora que esta se falando tanto para equiparação.no estado de são paulo,existe a lei que regula o aumento dos militares com os policiais civis, só podem aumentar em conjunto.e nos mesmos percentuais,justamente para evitar as divergências e discriminação.todos precisam trabalharem bem para responder com satisfação a nossa sociedade.e se evitar as ações danosas que maculam a imagem desta instituição pelos seus integrantes.o soldado deveria receber sim um percentual de 30% do coronel,mudança deste estatuto caduco,e regulamento disciplinar para se enquadrar a constituição federal,caso o contrário,a coisa irá terminar em um situação mais complexas,A CARÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA DO POLICIAL MILITAR VAI REFLETIR DIRETAMENTE NA QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO A POPULAÇÃO.e se não acontecer este reconhecimento pela diplomacia, fatalmente ocorrera o que acredito nem um PM quer participar de paralizações,e ai, vai ser dificil para a população.é muito importante que seja disponibilizado este canal de comunicação para que se possa medir o quanto a classe se porta diante de tal situação, muito obrigado ao Cb heronides, e a todos os blogueiros que fomentam a valorização do policial militar.isso é muito importante!

    ResponderExcluir
  14. MADEIRA

    É madeira aqui, é madeira agora!
    É madeira aqui, é madeira agora!
    É madeira no soldado a toda hora!
    É Madeira aqui, é madeira agora!

    A rosa chegou e não aliviou.
    Tem limite aqui, tem limite agora!
    Quem quiser aumento,tem que esperar
    O limite baixar pra poder negociar!

    É madeira aqui, é madeira agora!
    É madeira aqui, é madeira agora!
    É madeira pro soldado, é toda hora!
    É madeira aqui, é madeira agora!

    Em 2015 o soldado vai gostar
    O aumento tão sonhado ele vai ganhar!
    É madeira aqui, é madeira agora!
    É madeira aqui, é madeira agoooooraaaaaaaa!

    GOVERNO DE BOBOS
    AQUI SE ENGANA DIREITO

    ResponderExcluir
  15. Vamos lá companheiros, vamos participar. Está claro que há uma tremenda injustiça nesta tabela. Não se trata de praça ou oficial, se trata de seres humanos que precisam de justiça para servir a justiça. Não podemos aceitar um aumento que provoca tanta desigualdade dentro da categoria. Já vivemos uma situação de castração civil, ainda querem nos levar o pouco que sobrou da dossa dignidade. O nosso ganho é a nossa única liberdade, é a única coisa que temos e não precisamos fazer com ele o que os superiores desejam. Vivemos verdadeiramente presos as algemas desse regulamento. Se a governadora não valoriza a minha vida, eu a valorizo, e mesmo escravizado pelo militarismo, ainda tenho dignidade para cuidar da minha família. Eles não podem pagar pela desigualdade dos desiguais; Queremos justiça salarial fora da instituição e dentro da instituição. A nossa luta tem que se objetivar nestes dois pontos. Tinhamos 25%, mesmo que teoricamente, mas que na prática também não era 20%. Perder mais, por quê? Para deixar os oficiais de pé de igualdade entre os delegados. E nós, VAMOS GANHAR A MESMA COISA QUE OS APCS. Claro que não!!! Queremos os nossos 25% do geito que tá, se for pra negociar é para aumentar. Fico triste porque tenho certeza que as associações vão debater por no mínimo 20%. Se tivéssemos no ano reinvidicado um aumento, ele já estaria na lei e agora a luta era para se fazer cumprir, seria mais confortável, mas não, as associações nos levaram a embarcar na estória de PEC 300, taí, não saiu nada e agora não temos nada de concreto. ha, temos, esta tabela humilhante para a base da categoria. As associações tem sua culpa nisso, se enterteram com campanha para eleger vereadora e esqueceram do aumento local sonhando com o federal. Cadê a sargento REGINA EM??? Sinto falta da voz dela, cadê ela, em??? É companheiros, política nunca foi uma coisa boa para a categoria, nunca elegemos um que VERDADEIRAMENTE luta-se pela categoria, mas para se elegerem são da categoria. Estou sentindo pouca força da instituição, não tem nada na imprensa, não sei não. Me parece que este rapaz da APRAM é bem a cara da instituição, não é político, tem cara de sindicalista, é aquele que vai lá perguntar, que não se intimida em falar a verdade, de mostrar que por trás dele existe o interesse da categoria, sem nenhuma pretensão futura que não seja a melhoria da categoria.

    ResponderExcluir
  16. Nesta novela, o heroi de todo dia vai terminar liso, leso e "louco". E olhe que já tem vários... Quem não adoeceu um dia, ainda vai adoecer. Espere e verá no próximo capítulo.

    ResponderExcluir
  17. DIARIO DE NATAL
    Cidades
    Edição de sexta-feira, 30 de setembro de 2011

    MP faz recomendações polêmicas sobre a custódia de presos
    Q uando alguém for preso em flagrante e não caiba fiança, o delegado deve provocar o juiz competente para que determine em que unidade prisional esse indivíduo deva ser custodiado. Essa é uma das recomendações feitas pelo promotor criminal Wendell Beetoven à Polícia Civil do Rio Grande do Norte. A recomendação seguinte é de que de posse da determinação judicial, o policial civil deve levar o preso até o local indicado e, caso o diretor da cadeia se recuse a receber o detento, esse deverá ser detido e levado à delegacia local. O próximo passo recomendado é de que independente da presença do diretor ou prisão deste, o policial deverá algemar o preso em qualquer grade ou ponto fixo do estabelecimento prisional e informar aos agentes penitenciários que o indivíduo está sob a custódia do sistema penitenciário.
    As recomendações causam polêmica, mas segundo o promotor, servem para tentar sanar o problema de custódia de presos em carceragens superlotadas das DPs da Grande Natal.

    Wendell Beetoven justifica afirmando que o objetivo "é colocar as coisas nos devidos lugares". Segundo ele, a intenção é a de ver cumprida a legislação que diz ser papel de um juiz determinar onde o detento deva ser custodiado e não dos gestores do sistema penitenciário potiguar, como acontece no estado."Fiquei estarrecido com a declaração à imprensa do diretor de Polícia da Grande Natal esta semana de que já houve casos que diretores de cadeias se recusaram a receber presos em suas unidades. Não é assim que deve ser tratada uma decisão judicial. Se não estiver de acordo, que vá recorrer à Justiça".

    No entendimento do promotor, "não dá mais para continuar nessa briga, que já dura há mais de 20 anos, em que a Polícia Civil fica pedindo vaga para presos no sistema penitenciário e a Coordenação da Administração Penitenciária (Coape) é quem decide quais detentos vai receber. Todos os presos, sem exceção, são de responsabilidade da Sejuc [Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, a qual pertence a Coape]".Wendell Beetoven ressalta ainda o fato de a Polícia nem mesmo tem como justificar o pedido de dotação orçamentária ao governo para gastos com alimentação de presos ou reforma de carceragens das delegacias, uma vez que isso não é de sua responsabilidade.

    Repercussão

    O coordenador da Administração Penitenciária, José Olímpio, afirma que "o Ministério Público pode recomendar mil vezes, estamos aqui para cumprir decisões da Justiça. O que os juízes determinarem, a gente vai cumprir, como temos feito sempre. Eles também têm de entender que não podemos criar vagas de uma hora para outra".

    O delegado geral de Polícia Civil, Fábio Rogério, diz que vai conversar com o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha, para avaliar as recomendações e procurar uma forma de como resolver o problema. "Queremos tratar disso da melhor forma possível, com o diálogo. Não queremos agir de maneira truculenta e arbitrária, gerando assim um atrito dentro do próprio governo sobre um assunto que interessatanto à Segurança quanto à Sejuc. Temos que buscar em parceria uma solução".

    ResponderExcluir
  18. A SOLUÇÃO É O PROMOTOR WENDEL BEETOVEN LEVAR OS PRESOS PARA SUA CASA.

    ResponderExcluir
  19. Caros colegas, o promotor está correto, dá mesma forma que o ministerio público deveria recomendar que o estaturo deveria ser mudado por que não obedece a realidade constitucional em que os policiais estão inseridos. Vivemos em um estado que precisa de segurança social e não nacional. Não é mais a soberania que stá em risco para continuarmos como força auxiliar do exercito seguindo seu regulamento. Manter a ondem era o trabalho da policia quando viviamos na ditadura. A ondem está está estabelecida, vivemos num estado democratico de direito, o nosso trabalho agora é preservar os bens jurídicos alcançado com a constituição. Mais vejam só o tamanho do antagonismo, lutamos para defender as garantias constitucionais que nos são negadas. Como podemos sentir a importancia desses bens se não os temos; sentir apenas no ouvi falar. Tá na hora do ministério público acordar para os prncípios constitucionais, somos uma parcela grande da população, mereços gozar das mesmas conquistas. A verme da ditadura saiu das ruas e foi morar dentro dos batalhões de acordo com a vontade de cada comandante, onde a rigidez do regulamento ficou para os que não aceitam vender suas almas e bradura para os que se entregam a serventia pessoal do comandante (deveria ser improbidade, mas é o comandante, ondem se cumpre e não se questiona). Queremos ser tratados como profissionais da segurança e não como força auxiliar do exercíto. Até quando este atraso vai continuar. Parece que carregamos as almas dos torturados que morreram nas celas da ditadura, temos uma aurea escurecida, fechada. São temos nublados que não passam nunca. Quer um lugar na ONU, pois não pode ter polícia militarizada, é proibido. Polícia militarizada é coisa de País subdesenvolvido com ditadura recente. É o nosso caso e de outros paises da américa latina, africa, oriente médio. Nos Paises desenvolvidos não existe polícia militarizada, o que existe é uma polícia da sociedade que trabalha para a sociedade. Agora talvez esteja respondido o fracasso da polícia comunitária que tentou-se implantar no País. Desmilitarização já. Ha companheiros, tem uma luz no final do túnel, O PSD, partido novo, quer mudar a constituição, se onda pegar, nossa classe já tem um objetivo a lutar. Oficiais se preparem, meritocracia um dia chega na PM. Já não podemos nem eleger um analfabeto, que dirá aceitar um superior cordenando uma operação se ele não tiver preparo. Na polícia militar é assim, o praça faz curso de negociação, mas é o superior que verbaliza no conflito. ha polícia, até quando? Para os otimista um dia muda, para os persimista, foi sempre assim e vai continuar assim.

    ResponderExcluir
  20. NÃO DEIXEM DE LEREM!!!!!!!!!!!!!!

    NÃO SE ILUDAM HOJE O OFICIALATO NECESSITA MAIS DA GENTE, DO QUE AGENTE DELES, O SALÁRIO DELES ESTÃO CONGELADOS NO FREEZER, E ESTÃO QUERENDO NOS ENROLAR MAIS UMA VEZ COMO ACONTECEU EM 2008.

    LEIA O QUE SE SEGUE...

    Boa noite pessoal pense bem e vejamos se minha conta está certa.

    Hoje o salário do coronel e pouco mais de R$ 8.000,00 + R$ 2.000,00 de gratificação de chefia, graças à última greve onde o oficialato foi por trás e conseguiu lambuja.

    Porém tá bem amarrado na lei o percentual, do soldado, e lei é lei. Agora ele não tem como dar uma nova volta nos praça.

    E lei não permite que ninguém ganhe menos que um salário mínimo. Significa que como o soldo dos praças é igual ao mínimo, portanto todos os anos o salários dos praças sofre um pequeno reajuste, enquanto o do oficialato e daqueles que ganham mais que o mínimo não sofreram reajuste e ficarão trancados no freezer então...

    ...Então eis que surge a novela do tá do subizizídio, com o pretexto de mudar a lei e para isso estão querendo nos enrolar DENOVO. Não que eu me conforme com o atual salário é POUCO, MUITO POUCO, É POUQUISSÍMO, agora com eu falei antes...
    “ Por mim usando as palavras da rosa, o sangue pode dá nas canelas mais só irei participar desse movimento se manter o mesmos índices da 347, do contrário não irei tirar do meu para dar aos oficiais. CQC Que custe o que custar. Se vamos brigar, brigarei com o maior prazer, correndo o risco de exclusão, de peito e alma lavado.
    Agora se for para brigar pelo 20% do coroné, ficarei de braço cruzado.”

    GALERA ACORDEM ELES ESTÃO IMPLORANDO PELA NOSSA AJUDA, CABE A GENTE ACEITARMOS SER inrrolados DENOVO OU NÃO, VAMU BRIGAR POR UM VALOR DE R$ 4.000,00 à R$ 5.500,00. Além de promoção por tempo de serviço, independente de vagas.

    ResponderExcluir
  21. Os companheiros acima está totalmente correto. São eles, os oficiais, que em cada parcela vão ganhar 1.000,00 chegando at´[e mais do que isso por pacela, e nós a base, 160, 170, e por aí vai. O nosso está atrelado ao salário mínímo, se não der o aumento vamos ganhar a mesma coisa do que se eles derem. A galinha dos ovos de ouro vai para os oficiais. E aí, vamos bancar o deles e ainda aguentar esporro deles no final. Eles precisão mais da gente do agente deles, o nosso aumento com um bico agente se vira. Agora eles não, precisam se sentir bem ao lado dos delegados, dos promotores, dos juizes. Agente não, temos que ser servil a todos eles. É por isso que estão esperando. Senhores, só existe uma polícia hoje no estado que se parar vira cãos, somos nós. trabalhamos em todos os setores da administração pública, inclusive na justiça. Eu nunca vi em nenhuma polícia miliatr do brasil alguém ser excluido por pedir aumento(greve), tem sempre uma anistiazinha para nos dá os direitos sociais que nos tomaram quando entramos na polícia. Quem foi excluido por participar da última greve? Ninguém. O que aconteceu foi que tinha praça com procedimento na justiça militar, por outro motivo, que acabou sendo julgado por eles estarem na greve, mas pela greve mesmo, ninguém.

    ResponderExcluir
  22. É verdade, não teve ninguém excluido por conta da greve. Se for preciso, vamos entrar sim em greve. Não queremos aumento para luxar, mas para continuar mantendo esta nossa vida de sobrevivencia. Como vou a rua trabalhar se a minha família não está bem em casa. Meu filho também faz aniversário igual ao dos filhos dos oficiais. Está claro que a desigualdade está gritante, resta saber agora se as praças vão se calar e deixar que a maior parte dos recursos da institução vá para os oficiais. Já deixamos uma vez no último aumento, vamos deixar agora. No País quem cumpre lei é o pobre, o rico, a lei se adapta a lei. Como não temos dinheiro e a nossa única riqueza é a nossa união, vamos lá. Sem falar, pracinhas, que nunca conseguimos nos unir de verdade, acho que está na hora, é um aumento que vai vir de forma parcelada em muitos anos. Ou vem algo bom para todos, ou vamos ficar na miséria até que outro governo venha para se sensibilizar com desigualdade entre praças e oficiais. ÔOoooo saudade da VILMINHA, ela é quem ía para as reuniões, participava, olhava na cara dos representantes, e NA VERDADE, FOI A ÚNICA QUE DEU UM AUMENTO SIGNIFICATIVO PARA A INSTITUIÇÃO EM 2006; NÃO GANHAMOS ANO PASSADO POR QUE NÃO PEDIMOS, NOS ILUDIMOS COM PEC 300, E AGORA ESTÁ O PREJUIZO. SAUDADE DE VILMINHA... TÁ TUDO DO JEITO QUE ELA DEIXOU, CARRO, ARMAMENTO, EFETIVO.... NÃO MUDOU NADA, UM ANO DE GOVERNO E NADA; REALMENTE, ELEGEMOS UMA PESSOA E NÃO UM PROJETO DE GOVERNO.

    ResponderExcluir
  23. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  24. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  25. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  26. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  27. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  28. CORONEL 12.000,00
    SOLDADO 3.400,00

    UM GUERREIRO JÁ FEZ OS CALCULOS E DÁ O MESMO GASTO POR GOVERNO....

    ResponderExcluir
  29. Governadora governadora, toda casa se constroi pelo alicerço, a senhora quer construi uma casa sem base, no primeiro vento das ideias ela vem abaixo. Não adianta dá aumento para implantar na instituição uma desigualdade maior do que já vivemos. DESIGUALDADE GERA DESIGUALDADE. ACHEI BEM RAZOÁVEL O CÁLCULO DO AMIGO ACIMA, DEVERÍAMOS PENSAR NA BASE, ELA É QUEM SUSTENTA O TRABALHO NAS RUAS E A FOLGA ETERNA DO OFICIAIS.

    ResponderExcluir
  30. A Policia Militar, já viveu moemntos dificeis no governo de José Agripino, então não pedemos mais conviver com a interferencia dele neste governo. Gente está claro que ele está por traz de tudo isso, ele nunca gostou da PM, quem é antigo sabe disso.Se ficar nessa enrolaçãovai passar a Copa do Mundo e não chegaremos alugar nenhum. Vamos aluta. não se coquista nada sem luta. As Associaçoes não pode aceitar esse Banho Maria da Governadora

    ResponderExcluir
  31. gostei da charge morde e assopra.pelo menos encontrei um motivo para rir no dia de hoje,cada vez que olho essa publicação,da vontade de rir. quanto ao teor da publicação,mais uma massa de manobra para nos negar o que nos merecemos. e tenho uma sujestão de tabela de vencimento.que seria conveniente para janeiro de 2012
    SOLDADO 3.400,OO
    CABO 3.700,00
    3*SGT 4.200,00
    2*SGT 4.500,00
    1*SGT 5.000,00
    SUB TEN.5.500,00
    ASP 3.000,OO SE CIVIL
    SE MILITAR
    5.000,00
    2*TEN. 6.300,00
    1*TEN. 7.200,00
    CAP. 8.200,00
    MAJOR. 9.300,00
    TEN.CEL.10.500,00
    CEL. 11.800,00


    TENDO A CORREÇÃO ANUAL PELA INFLAÇÃO.

    ResponderExcluir
  32. esse aumento de 17.237,00 trilhões de reais para o conoré e só para humilhar os praçinha de borogodó. Meu deus.

    ResponderExcluir