PM POTIGUAR É ESPANCADO EM VAQUEJADA NO INTERIOR DO CEARÁ

O Policial Militar João Paulo Oliveira de Moura, de 30 anos, lotado no Pelotão de Assu, foi espancado no último domingo, por um grupo de seis pessoas durante uma vaquejada no município cearense de Canindé. João estáinternado em estado grave num hospital de Fortaleza, para onde foi transferido logo após ter sido socorrido.

De acordo com informações de parentes do soldado á polícia, João estava de folga numa vaquejada. Por volta das 14h, um grupo de cerca de seis pessoas perceberam que ele estava armado e resolveram tomar a arma. Os seis homens dominaram o PM, tomaram-lhe a arma e depois saíram o arrastando por uma estrada carroçável. Antes de fugir, um dos integrantes do grupo identificado até o momento apenas pelo nome de Diogo desferiu uma paulada na cabeça do soldado.

Depois de agredir o PM, o grupo fugiu em disparada usando um veículo F 4000, de placas não anotadas, e seguiram em direção a CE 257, com destino a Canindé. João Paulo foi socorrido por populares e levado ao Hospital São Francisco, em Canindé. Em seguida, ele foi transferido ao IJF/CENTRO, em Fortaleza, onde se encontra internado em estado grave.

Segundo o site Canindé Notíciais, os envolvidos na ocorrência já foram identificados pela polícia. Um deles, identificado apenas como “Osvaldinho” é ex-presidiário, que responde por homicídio. Os outros seriam seus dois cunhados, conhecidos por “Diogo" e “Teo”, “Coloral”, “Rodolfo” e o “Filho do Zé Preto”. "Osvaldinho” ao se evadir do local levou o revólver calibre 38 pertencente ao João, efetuando dois disparos para o chão e um para cima. A polícia ainda não sabe o paradeiro dos agressores.

DN Online

4 comentários:

  1. Que DEUS o tenha, pois, segundo informações, ele já teve morte cerebral e irão desligar os aparelhos assim que retirarem os seu órgãos para doação.

    Mais um camarada "gente fina" que se vai, infelizmente.

    ResponderExcluir
  2. Verdade as informações que chegam e que o mesmo chegou a obito hoje. 10/08/2011.
    Pezares pra familia e que DEUS o tenha.
    O mesmo era do 2º Pelotão da turma de soldado 2009 - CFAPM.
    Sd MOURA mais conhecido pelos colegas como macho vei.

    ResponderExcluir
  3. Uma pena e perda inestimável de mais um colega de farda. isso serve para mostrar que nem sempre estar com uma arma significa dizer que esteja seguro, pois os elementos ao perceberem que o policial estava armado,acabaram dominando-o e tomando sua arma, depois acabaram por espancá-lo até deixá-lo inconsciente.

    ResponderExcluir
  4. LUTO, LUTO. QUE A GRAÇA DO NOSSO SENHOR SEJA COM A FAMILIA E AMIGO.

    Não o conhecia, más so tive boas informaçoes a respeito do companheiro de farda.
    Mais uma vez estamos de luto, devido ao tombamento de um irmão de farda.
    Bandidos, covardes, um dia a justiça será feita aos senhores, ela nem tarda nem falha.
    Os olhos do Senhor estão bem atentos a cada passo q damos.

    ResponderExcluir