ONDA DE EXECUÇÕES ESTÁ DE VOLTA... CADÊ POLÍCIA PARA INVESTIGAR?

Todo ano é a mesma coisa. A cada seis meses uma onde de execuções toma conta das ruas de Natal e Grande Natal. Agosto tem sido um mês sangrento. Foram pelo menos 20 mortes com características claras de execução, incluindo homens, mulheres e adolescentes. Ai eu pergunto: cadê polícia para investigar?

A resposta: NÃO TEM! Está claro que esses crimes são praticados por grupos de extermínios e organizações criminosas que disputam centavo a centavo o dinheiro do tráfico de drogas. No entanto, a Polícia Civil não tem condições de investigar esses grupos que ano a ano mandam dezenas de pessoas para o cemitério.

Quando eu falo que não tem policial para investigar não é da boca pra fora. A Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado, por exemplo, que deveria ser responsável por investigar esse tipo de crime envolvendo grupos de extermínio, parece não ter estrutura suficiente.

Dia desses conversava com a delegada Sheila Freitas, titular da Deicor, e ele me relatava que, sozinha, não tem condições de finalizar vários inquéritos. Sendo assim, muitas quadrilhas continuam matando, roubado e traficando sem nenhuma preocupação.

A situação não é diferente em outras unidades da Polícia Civil. No interior, o caso é ainda mais grave, mas já se tornou repetitivo falar sobre isso, infelizmente. Agosto pelo menos está terminando, vamos esperar que os bandidos também estejam terminando suas “cobranças” e a onda de execuções diminua.

Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário