MILITARES PELA CIDADANIA

 Autor: Robson Augusto da Silva / Sargento da Marinha
O livro “Militares pela Cidadania” é uma obra exploratória, que aborda o tema "militares" por um prisma diferente do comum, revelando detalhes dos métodos de reconstrução usados nas escolas militares, bem como os conflitos causados pela "intelectualização" dos militares subalternos, que gera dificuldade no acatamento de alguns dogmas que subsistem nas Forças armadas e auxiliares. Se por um lado os militares são cidadãos normais, consumidores, eleitores e pais de família, por outro têm sido uma espécie de semi-cidadãos, desprovidos de prerrogativas alcançadas pelo restante dos brasileiros, como jornada de trabalho especificada em lei, direito à sindicalização, filiação partidária, princípio da presunção de inocência e Habeas corpus em sua plenitude.

Nos últimos cem anos muitos militares tem se destacado pela luta em defesa de modernizações relacionadas a condições de trabalho e relações interpessoais, o associativismo militar tem sido muito frutífero, e mesmo sob risco de punições, na última década a classe das praças organizou associações que embora não sejam reconhecidas pelos quartéis, tem colecionado vitórias na sua luta pela cidadania do militar e humanização das relações dentro dos quarteis.

Um comentário:

  1. EU NÃO CONSIGO ENTENDER ESSAS AÇÕES DE GOVERNO PARA A SEGURANÇA PÚBLICA!
    - SOU POLICIAL MILITAR DO INTERIOR, SÓ TEMOS DIÁRIAS OPERACIONAIS NOS GRANDES EVENTOS DOS MUNICÍPIOS, ACIMA MESMO BASTANTE REDUZIDAS. PORQUE O COMANDANTE GERAL NÃO ORIENTOU O GOVERNO DO ESTADO, AO CRIAR O PROGRAMA RONDA DO SERTÃO, QUE EQUIPES DO BOPE SE DESLOCAM DA CAPITAL PARA PATRULHAR O INTERIOR, ONDE TODOS OS POLICIAIS DESSAS EQUIPES, GANHAM DIÁRIAS OPERACIONAIS PARA SE DESLOCAREM PARA OS MUNICÍPIO; A MISSÃO, SERIA MUITO MAIS PROVEITOSA E VALORIZAVA MUITO MAIS NOSSOS POLICIAIS DO INTERIOR, SE ESSAS EQUIPES FOSSEM COMPOSTAS DE POLICIAIS MILITARES DOS PRÓPRIOS BATALHÕES DO INTERIOR, ASSIM, NÓS POLICICIAS MILITARES DO INTERIOR, SERIAMOS MAIS VALORIZADOS E GANHARIAMOS, ESTAS DIARIAS OPERACIONAIS. OS POLICIAIS DO INTERIOR QUE CONVIVEM DIA A DIA COM O CIDADÃO DE CADA CIDADE, SABE MUITO MAIS DOS PROBLEMAS AFETADOS EM CADA REGIÃO, CONHECEM PRATICAMENTE TODA A POPULAÇÃO. ESTAS EQUIPES PODERIAM SER FORMADAS PELOS GRUPOS TÁTICOS DE COMBATE E COM AS GUARNIÇÕES DE RADIO PATRULHA DE FOLGA. SERIA INCLUSIVE MUITO MAIS ECONÔMICO PARA O ESTADO.
    - NÃO PODEMOS APARECER APENAS COM AÇÕES COM PESSOAS DE FARDAS DIFERENTES, O MEU MAIOR RESPEITO AOS POLICIAIS DO BOPE, MAS AQUI NO INTERIOR TEMOS TAMBÉM POLICIAIS VALOROSOS.
    - AFINAL DE CONTAS QUANDO ACONTECE UMA OCORRÊNCIA, SOMOS NÓS QUE PRIMEIRO DAMOS A RESPOSTA.
    - A VALORIZAÇÃO DO POLICIAL MILITAR DO INTERIOR É A CHAVE PARA MELHOR A SEGURANÇA PÚBLICA DOS MUNICÍPIOS.

    ResponderExcluir