CONGRESSO VAI ENTRAR EM RECESSO E PEC 300 FICARÁ PARA O PRÓXIMO SEMESTRE

O presidente da comissão especial que debate o piso salarial de policiais e bombeiros, deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), afirmou ontem que as Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 300/08 e 446/09 não serão votadas até sexta-feira. Com isso, os textos só voltam à pauta em agosto.

O parlamentar informou aos servidores que foram ao Congresso Nacional ontem que era importante “não vender ilusão a ninguém”. Segundo o deputado, o plenário da Câmara não tem pauta deliberativa nesta semana.

Arnaldo Faria de Sá alertou os servidores sobre a impossibilidade de votar as PECs em resposta ao anúncio do presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Mendonça Prado (DEM-SE). Ele afirmara que a Câmara votaria ainda ontem os textos em segunda discussão.

Segundo o cabo Daciolo, líder do movimento dos bombeiros, o grupo continua com a mesma postura: “Nossa meta é aprovação do piso e da dignidade do servidor da área de segurança pública do País. Acreditamos que os parlamentares que foram eleitos pelo voto do povo estarão presentes pela PEC 300”.

O presidente do colegiado, deputado Mendonça Prado (DEM-SE), disse que aposta na sensibilidade dos líderes partidários e do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), para que as PECs 300 e 446 sejam colocadas em votação. “Existe a possibilidade de um dia de paralisação em toda a segurança pública do Brasil. Queremos evitar que isso aconteça, mas precisamos da vontade política do Congresso Nacional”, afirma Prado.

Fonte: O dia online

4 comentários:

  1. isso e o meu Brasil cheio de politicos safado

    ResponderExcluir
  2. bom dia? hoje tiro a ilusão de seguir carreira na policia militar, são tantas discriminação que fico sem força para estudar para policia militar e servir bem a sociedade como elas merecem, pois estou fazendo faculdade de direito e tenho fé em Deus que um dia farei um concurso para melhorar minha ilusão.

    ResponderExcluir
  3. essa pec300 enquanto ñ tiver um parlamentar comprometido com a segurança pública, ela ñ passará de um sonho, infelizmante.

    ResponderExcluir
  4. Amigos eu não sou pessimista sou realista estou a quase 24 anos nessa policia e nunca vi nada de concreto sobre um salário justo pra essa categoria sofrida então suba e desça e esqueça desses politicos de Brasilia, e essa gestora.

    ResponderExcluir