SÃO PAULO: PM PEDE AJUDA NO YOUTUBE PARA QUITAR DÍVIDA CONTRAÍDA DECORRENTE AO SERVIÇO

Desesperado com a possibilidade de perder a casa que construiu (e onde vive com a mulher e os dois filhos), para pagar uma dívida de R$ 50 mil com o tesouro de São Paulo, o soldado PM Rogério Weiers, 34, gravou há cinco dias um pedido de socorro e o postou no YouTube.

"Querem tomar a única coisa que tenho nesta vida", diz o PM, salário de R$ 2.300, voz embargada, no YouTube. Entidades de policiais replicaram o caso na rede; centenas de soldados ofereceram ajuda.




Desesperado com a possibilidade de perder a casa que construiu (e onde vive com a mulher e os dois filhos), para pagar uma dívida de R$ 50 mil com o tesouro de São Paulo, o soldado PM Rogério Weiers, 34, gravou há cinco dias um pedido de socorro e o postou no YouTube.

Virou celebridade. Até ontem à noite, o vídeo já fora exibido 10.966 vezes. "Querem tomar a única coisa que tenho nesta vida", diz o PM, salário de R$ 2.300, voz embargada, no YouTube. Entidades de policiais replicaram o caso na rede; centenas de soldados ofereceram ajuda.

Fonte: Folha

2 comentários:

  1. No 9 BPM um soldado perdeu o controle da VTR onde a mesma estava com os 4 pneus carecas e já havia sido comunicado ao comandante da unidade a meses onde o mesmo n tomou nenhuma providência,a blazer girou em 360 graus e bateu com a mala no poste no KM 6 em frente a DVN vidros do outro lado da via,(tem um poste novinho lá pra comprovar)o CMD obrigou o praça a conseguir uma mala nova pra VTR (250 reais q tirou do proprio bolso) sobre o risco de punição pois afirmou q o pneu careca n justificaria o acidente,(pois além de se achar um semi Deus ele agora é perito de trânsito,acaba)sendo q a PF deu parecer favorável ao praça.O praça já disse que não dirigi mais para a PM,certo ele.Ainda teve sorte de bater com a mala e se fosse de frente ou capota se a VTR? o pracinha tava falido pois teria de desenbolsar uns 50 000.

    ResponderExcluir
  2. Pois é caro amigo Shiatsu, esse tipo de abuso acontece, porém o praça tem que se impor e de forma alguma deve temer qualquer tipo de ameaça. Nenhum policial militar é obrigado a dirigir uma viatura quando essa está sem condições de funcionamento, tais como pneus carecas, falta de freios, falta de extintor, limpador de para brisas sem funcionar etc etc etc etc. Todas são infrações de transito e previstas no código de transito Brasileiro (CTB) Quando o policial assume uma viatura dessas, além de está pondo em risco a sua vida e a dos integrantes da VTR, está também se arriscando a provocar acidentes e de perder sua vida, simplesmente pra dá alguma satisfação a algum oficial ou comandante de companhia ou batalhão. Não caiam nessa, pois quando ocorre um acidente o oficial que mandou voce assumir a vtr, tira o cú da reta e depois quer te obrigar a ressarcir as peças da viatura.Acaba! faz pena.

    ResponderExcluir