ESTADO NÃO CUMPRE ACORDO COM A POLÍCIA CÍVIL DO RN

Em março de 2010, foi aprovada a Lei Complementar Nº 417, que dispõe sobre o enquadramento dos servidores ocupantes dos cargos de Agentes e Escrivães de Polícia Civil.

Esta mesma lei complementar alterava os valores salariais pagos aos agentes e escrivães, e, dividia em duas parcelas que iriam ser pagas em Outubro/2010 e Maio/2011. Já os delegados receberiam em uma única parcela em Outubro/2010.

Ao chegar ao mês de Outubro/2010 foi pago aos policiais civis e delegados o compromisso de reajuste salarial.

Com a mudança do poder executivo do estado, o governo começou a declarar que o limite prudencial do estado estava ultrapassado e que não havia possibilidade de cumprir com acordos deixados pelo governo anterior.

Ocasionando desta forma o não pagamento da 2º parcela devida aos policiais civis em Maio/2011.

Este impasse foi um dos motivos da atual greve dos Policiais Civis, entre tantos outros que impedem um serviço de qualidade voltado à sociedade potiguar.

Veja a tabela paga em Outubro de 2010 aos delegados e policiais civis:



Ressalto que os escrivães recebem os mesmos valores pagos aos agentes de policia civil, respeitando as classes e os níveis.

A tabela a seguir demonstra os valores que deveriam ser pagos em Maio de 2011:


Escrito por Cabo Heronides.

Nenhum comentário:

Postar um comentário