BOMBEIROS DO RIO PODEM PEGAR ATÉ 12 ANOS DE PRISÃO

O comandante do Batalhão de Choque da PM (BPChoque), coronel Waldyr Soares Filho, afirmou na tarde deste sábado (4) que a movimentação dos bombeiros e a invasão do Quartel Central, no Centro do Rio, já podem ser considerados um motim. Se qualificados neste crime, de acordo com o comandante, os bombeiros poderão pegar de 3 a 8 anos de prisão, sendo que os líderes do movimento, podem ter a pena agravada. E com isso, a punição pode chegar a 12 anos de detenção.

"O código disciplinar militar é rígido. Invasão de quartel é uma atitude muito grave e está previsto no artigo 149 do Código Penal Militar", disse o comandante.

Fonte: G1

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. e a NOVA LEI 12.403/2011 só serve pra os bandidos, os militares não são cidadãos brasileiros? a cada dia que passa sinto mais vergonha de ser brasileiro, VIVA A REPUBLICA DEMOCRATICA DA COREIA DO NORTE. brasil quer que sejamos acomodados e que se aceite tudo caladinho, pra isso fazem um "fica quieto" de uma bolsa formação que não é o estado que paga e ainda fica alegando

    ResponderExcluir
  4. Boa noite ,fiquei muito triste com as palavras do governador do Rio chamando os herois que a todo custo, com o risco da própia vida salva a vida de cidadão todos os dias, e ser chamado de vagabundos , bandidos...etc, e esse e o pais que quer fazer uma bela copa.

    ResponderExcluir