ACUSADO DE MATAR POLICIAL EM MACAÍBA É PRESO NO BAIRRO DE CAPIM MACIO

Foi preso na manhã da segunda-feira, dentro de um supermercado localizado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro de Capim Macio, um homem chamado Sandoval Xavier de Lima, de 44 anos, mais conhecido como Balu. Ele é acusado de ter participado de um duplo homicídio em 2009.

O crime, a propósito, foi considerado um dos mais bárbaros daquele ano. Aconteceu no dia 5 de julho, ocasião em que um policial civil e um oficial de justiça foram executados com tiros na cabeça. Os corpos foram encontrados completamente carbonizados dento de um veículo abandonado numa estrada carroçável do município de Macaíba.

O mais curioso da prisão, porém, foi a forma como a polícia chegou ao acusado. Não houve investigação alguma para se descobrir onde ele estava.

Sandoval fazia compras no Nordestão, por volta das 10h30, quando foi reconhecido pelo irmão de um dos homens assassinados.

Diante do homem que provavelmente matou seu irmão, o rapaz deu um jeito de não ser notado e prontamente ligou para o 190. Policiais militares do 5º BPM se dirigiram ao supermercado e abordaram o suspeito e o conduziram para a delegacia, onde foi contatado que Balu possuía mandado de prisão expedido pelo juiz Valter Antônio Silva Flor Júnior, titular da comarca de Macaíba.

O acusado, por sua vez, negou ter conhecimento do mandado e também disse que não tem qualquer envolvimento com o duplo assassinato. Disse, inclusive, sequer ter conhecido as vítimas.

Além do policial, o agente Francelino Lucas Guilherme, também foi executado e igualmente queimado o funcionário do Fórum da Infância e da Juventude de Parnamirim Fagner Rodrigo Correia Faria.

Editado por Cabo Heronides.

Nenhum comentário:

Postar um comentário