REBELIÃO EM ALCAÇUZ

Os homens do Batalhão de Operações Especiais estão chegando a Alcaçuz para tentar abafar o motim que acontece no presídio desde a madrugada. O grupo de intervenção da administração penitenciária também está se dirigindo para a unidade. Acabo de conversar com o secretário de Justiça, Thiago Cortez, que me confirmou as informações.

“Esperamos que o motim seja controlado ainda pela manhã, mas vamos esperar o que vai acontecer”, disse Thiago. Por enquanto a rebelião está na base da zoada e quebra-quebra. Os presos do pavilhão 2 serraram grades e tentaram fugir, mas foram impedidos pelos policiais militares das guaritas. Como não conseguiram o que queriam, iniciaram a confusão.

Por enquanto não há informações sobre feridos, nem sobre exigências, tampouco sobre reféns. O que se sabe é que os detentos dos outros pavilhões não querem se envolver no fuzuê e estão tranquilos. Há informações extraoficiais de que os presos amotinados estão muito drogados.

Fonte: Jacson Damasceno

Um comentário:

  1. Gostaria muito que os canais de comunicação soubessem diferenciar equipes do BOPE(Batalhão de Operações Policiais Especiais)que vestem farda toda PRETA das equipesdo BPChoque(Batalhão de Polícia de Choque)que vestem o CAMUFLADO URBANO.

    O intuito é deixar as mensagens claras para os leitores, pois BOPE é diferente de BPChoque.

    SD Haendel

    ResponderExcluir