POLICIAL MILITAR É SUSPEITO DE DISTRIBUIÇÃO DE DROGAS EM ALCAÇUZ

A penitenciária estadual de Alcaçuz, situada no município de Nísia Floresta, ganhou destaque mais uma vez na mídia local. Desta vez, os agentes penitenciários descobriram um “esquema” de distribuição de aparelhos celulares e drogas do tipo maconha e crack, quantia aproximada entre 4 e 5 kg, no fim da noite dessa terça-feira(17), por volta das 22h, após o flagrante de um preso que circulava com os tóxicos. De acordo com o coordenador do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte, José Olímpio, o presidiário colaborou com informações e foi armada uma campana dos agentes para a tentativa de um novo flagrante de recebimento da droga, que foi encontrada próximo da cozinha.

Segundo José Olímpio, os agentes penitenciários encontraram drogas no início da manhã desta quarta-feira (18) com outro preso que havia retirado de um local próximo da cozinha. Na ocasião, os agentes questionaram o presidiário sobre o responsável pela distribuição dos tóxicos, onde tiveram a surpresa da indicação de um policial militar.

A coordenadoria da penitenciária de Alcaçuz revelou a suspeita para a Polícia Civil, que investigará o caso.

Fonte: DN Online

Um comentário:

  1. sgtlucio, eu trabalho, em alcaçuz, por que nao se baixa uma portaria proibindo,a saida a noite de policiais e agentes.

    ResponderExcluir