POLICIAIS CIVIS FAZEM PARALIZAÇÃO DURANTE 48 HORAS E PODEM ENTRAR EM GREVE

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (5), os Policiais Civis do RN decidiram pela paralisação nos próximos dias 11 e 12. A iniciativa tem um caráter de advertência e visa alertar ao governo quanto às reivindicações da categoria. De acordo com Vilma Marinho, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Simpol/RN), caso as negociações com o governo não avencem haverá greve por tempo indeterminado.

Entre as principais reivindicações da categoria estão: a retirada total dos presos das delegacias (capital e interior), substituição das “quentinhas” pelo Vale-refeição, serviço de limpeza para as delegacias, regulamentação do livre acesso dos Policiais Civis aos locais sujeitos a fiscalização da polícia e nomeação dos aprovados no último concurso.

A reunião que foi realizada no auditório do Simpol/RN discutiu ainda o descumprimento, pelo Governo do Estado, da implantação do enquadramento nos níveis para as carreiras de agentes e escrivães da Polícia Civil, conforme a Lei 417/2010, que deveria ter sido implantada em abril deste ano, e que vem gerando prejuízo financeiro ao conjunto desses servidores.

Fonte: DN Online

2 comentários:

  1. O que deve ser feito é a unificação das polícias para acabar com essa porra!

    ResponderExcluir
  2. A polícia Civil vai fazer paralização e os Policiais Militares que não são mais recrutas, são iguais a qualquer outro policial, arrisca sua vida a de qualquer outro, mas há uma grande diferença. Eles (eu) estamos recebendo o valor de R$ 600,00. O que devemos fazer...

    ResponderExcluir