POLÍCIA OCUPA PRESÍDIO DE ALCAÇUZ E PÕE FIM À REBELIÃO

O Grupo de Intervenção da Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta, invadiu a unidade e controlou a rebelião feita pelos detentos na manhã desta terça-feira (3). Os apenados estão na quadra passando por revista.

A rebelião em Alcaçuz teve um morto. Magno Boaventura, 33, foi assassinado pelos detentos no pavilhão II, onde ocorre a revolta e teve parte do corpo lançado para fora das grades. Ele estava na unidade desde agosto passado, foi transferido do presídio de Mossoró em caráter de emergência junto com outros 20 criminosos, após a justiça alegar falta de estrutura na casa de detenção e a polícia descobrir um plano de fuga dos detentos. A revolta teve ainda três feridos: Antônio Fernandes de Oliveira, Valdicley Souza do Nascimento e um outro homem identificado até o momento como Bruno.


Os presidiários começaram a rebelião desde o início desta manhã. De acordo com informações da polícia, os presos tentaram fugir, por volta das 4h30, mas foram impedidos pelos agentes penitenciários. Desde a madrugada, a polícia observou os detentos cerrando grades das celas. A guarda nas guaritas foi reforçada e conseguiu impedir a fuga. Em seguida, os apenados começaram a rebelião, queimando colchões e fazendo reféns.

Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário