MEMÓRIAS DE UMA MILÍCIA POTIGUAR

Sargento Maurício
O livro lançado pelo Sargento Maurício no final de Dezembro de 2010, conta em forma de crônicas, histórias engraçadas da polícia militar vivenciadas por personagens que fizeram parte desta corporação desde o início do século passado, sempre com um fundo moral, fazendo análise e comparações com a polícia dos dias atuais.

Memórias de uma Milícia Potiguar surgiu no interior dos quartéis por onde o escritor trabalhou e, dentro das viaturas, onde este ouvia as histórias e experiências contadas pelos companheiros durante as jornadas de serviço. De tanto ouvir e repassar essas experiências o sargento Maurício foi aconselhado a escrever a obra, de forma que todos tivessem acesso à cultura policial, como também aos costumes das diversas regiões de nosso estado.

Memórias de uma Milícia Potiguar
A obra tem vinte e duas crônicas e cento e vinte e duas páginas, contando causos, que com certeza irão prender ao amante da literatura regional do início ao fim de cada saga. As fontes estudadas pelo escritor, além dos irmãos de armas, também foram pessoas do povo ou mesmo vivenciadas pelo autor, que tem um vasto currículo nos diversos setores de nosso estado. A linguagem usada é imaginada pelo autor da forma que seria em tempos de outrora.

O leitor poderá encontrar o livro na Assembléia Geral Unificada, que irá ser realizada no próximo dia 21, às 08:00 horas, no auditório do CEMURE, Cidade da Esperança, Natal/RN.

O livro custa R$ 20,00 (vinte reais).

Fonte: 3ª CIPM

Um comentário:

  1. Parabéns. Cogitei certa vez escrever os causos da glosiosa!! Incluindo os presídios (caudeirão do diabo!

    ResponderExcluir