APENAS 19 DEPUTADOS ATENDERAM AO APELO DA PEC 300

Desde o início dos trabalhos legislativos na Câmara Federal até o fechamento dessa matéria, já foram registrados 20 requerimentos de inclusão na ordem do dia da PEC 300.

Fruto de reivindicações dos bombeiros e policiais feitas junto aos deputados de seus estados através de e-mail ou telefone, solicitando aos parlamentares que protocolassem requerimentos a serem encaminhados ao Presidente da Câmara pedindo a inclusão do piso salarial nacional dos profissionais da segurança pública na pauta das propostas a serem votadas em sessões de votação no plenário da Câmara, 20 requerimentos já foram registrados.

Em dois meses de sessão legislativa a Câmara registrou apenas esse quantitativo de requerimentos de parlamentares preocupados com a conclusão desta matéria, que está encalacrada no Congresso por determinação do governo. Esse número corresponde a 52,7% de todos os requerimentos apresentados durante o ano de 2010 que naquele período totalizou 38 documentos apresentados. Mas ainda é baixo o registro de requerimentos de inclusão nesse ano.

Tendo em vista que todos os parlamentares estão recebendo, principalmente por e-mail, os apelos dos trabalhadores da segurança pública de todo o Brasil para que os nobres congressistas formulem esse requerimento, o número de pedidos registrados é irrisório quando comparamos o universo de 513 parlamentares. Apenas 3,7% dos deputados atenderam ao pedido dos nossos bombeiros e policiais para que protocolassem o requerimento de inclusão na ordem do dia da PEC 300.

Requereram até agora, junto ao plenário da Câmara, pedindo a imediata inclusão da PEC 300 na ordem do dia os seguintes parlamentares: Manato, Átila Lins, Arnaldo Faria de Sá, Andreia Zito, Romero Rodrigues, Nilda Gondim, Dr. Ubiali, Otoniel Lima, Roberto de Lucena, Aguinaldo Ribeiro, Fernando Francischini, Oziel Oliveira, Andre Moura, João Ananias, William Dib, Lindomar Garçon, Edivaldo Holanda Junior, Sandro Alex (2 requerimentos) e Hugo Motta.

Fonte: Capitão Assumção

4 comentários:

  1. Cadê os parlamentares norte riogrnadenses, quando chega a época da política todo mundo é a faVOR DA pm, SERÁ.

    ResponderExcluir
  2. Os nossos políticos norteriograndenses estão mais preocupados em seus próprios umbigos do que com policiais e bombeiros.

    ResponderExcluir
  3. Caros companheiros, esses cidadãos querem que nós vá para p.q.p.
    Por que polícia corrupta é melhor para que ele façam o que bem entenda,por que qual quer arara para liberar um filho da puta desse!

    ResponderExcluir
  4. Acho que o problema não está só nos parlamenteres, o problema está em nós também, que deixamos de acreditar e consecutivamente, deixamos de cobrar. Vamos reacender a chama da esperança!!!
    Vamos continuar enchendo o saco deles com pedidos de votação da Pec 300, vamos lotar as caixas de E-mails de todos os parlamentares como fizemos o ano passado, pois só eles nos escutarão. Bom, eu estou fazendo a minha parte. Acredite também e faça a sua.

    ResponderExcluir