MAIORIA DOS BRASILEIROS NÃO CONFIA NA POLÍCIA


Pesquisa do Ipea mostra que o medo de ser assassinado é muito grande entre os nordestinos. Em todas as regiões, mais da metade dos entrevistados revelou que confia pouco ou simplesmente não confia no trabalho dos policiais.

Ipea lança novo SIPS sobre segurança pública

Segunda edição do estudo, divulgada nesta quarta, 30, mostra em quais regiões é maior o medo de ser assassinado


O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta quarta-feira, 30, às 10 horas, o Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS) sobre Segurança Pública. A coletiva de imprensa foi na sede do Instituto, em Brasília (Setor Bancário Sul, Quadra 1, Edifício BNDES/Ipea, auditório do subsolo), com transmissão ao vivo pelo portal do Instituto.


O estudo mostra como os cidadãos percebem a atuação do poder público em relação ao problema da criminalidade e da violência. As informações são apresentadas por regiões brasileiras. O SIPS revela, ainda, em quais regiões é maior o medo de assassinato e compara a sensação de segurança com a taxa de homicídios dolosos.


A pesquisa

Os dados para a realização do SIPS foram coletados em 2010, nos domicílios dos entrevistados. A amostragem considerou a distribuição dos domicílios em cotas para Brasil, regiões, e as variáveis de controle validadas posteriormente: sexo, faixa etária, faixas de renda e escolaridade.



4 comentários:

  1. Uma pessoa inteligente sabe muito bem que pesquisas divulgadas por essa emissora de televisão não são confiáveis...
    Bem como, que a mesma não é admiradora da polícia!

    ResponderExcluir
  2. oi cb pode me seguir ai?

    http://teatroabsoluta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. concordo pleinamente com este pm louco,a propia sociedade não se ajuda, para ser ajudada, e ainda vem com essa de policia comunitaria, a policia e de um lado e a sociedade e do outro, ninguem gosta da policia, até que venha a precisar dela, as pessoas gostam da policia da seguinte maneira, quando fazem justiça com o familiar de outros, más quando tem que cortar a propia carne, ai a policia não presta, temos apenas que fazer diferença entre sociedade do bém e a sociedade mal, e vice vessa.

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, o descontentamento com a polícia é muito grande, e não é de agora que isso ocorre. Quando nós fazemos algo de grande valor social,a sociedade apenas entende que CUMPRIMOS COM O NOSSO DEVER, no entanto quando algum policial comete falhas, corrupção,extorsão, assalto a bancos, tráfico de drogas, estupro, abuso de poder e outros crimes,ai todos nós SOMOS DESPREPARADOS E CORRUPTOS.Essa imagem de polícia TRUCULENTA E CORRUPTA para acabar, demorará muito tempo, pois o estado precisa de forma urgente criar formas de dificultar ao máximo a entrada de criminosos na instituição, começando por exemplo a partir de soldado a exigir nível superior,provas com grau de dificuldade equivalente a um vestibular, pesquisa social rigorosa para impedir a entrada de bandidos,curso de formação mais longo e com visão a preparar o policial para atuar na esfera da segurança pública, equipamentos de ponta, tecnologias, equipamentos de proteção, jornada de trabalho regulamentada, punição de policiais corruptos de forma exemplar, inclusive com a demissão do emprego , tanto para oficiais como para praças e uma infinidade de outras melhorias. ai sim, seremos reconhecidos, respeitados e sem nenhuma dúvida mereceremos GANHAR UM SALÁRIO DE VERGONHA, mas tem que haver toda essa mudança, que na prática, não é fácil de fazer.a corrupção é muito grande e não tem como acabar porque os estados são omissos e nada fazem para melhorar a relação da policia com a população, então a imagem negativa sempre vai prevalecer.

    ResponderExcluir