EX-COMANDANTE DE MACAU CONSEGUE ALVARÁ DE SOLTURA E É DESIGNADO PARA O SUBCOMANDO DO 11º BPM

O ex-comandante da 1ª Companhia Independente, sediada em Macau, Major Divanaldo Marques Duarte, preso no último dia 14 de fevereiro por haver sido flagrado conduzindo um veículo roubado com placas adulteradas, foi posto em liberdade por força de um Alvará de Soltura expedido pelo Desembargador Rafael Godeiro no último dia 05 de março.

O Major Marques passará a responder o processo criminal em liberdade e em uma nova unidade militar. O oficial superior foi designado para o subcomando do 11º Batalhão de Polícia Militar, em Macaíba, conforme a Portaria nº 041/2011 publicada no último Boletim Geral nº 046, de 11 de março de 2011.

Apesar de ter sido indiciado no processo na Vara Criminal da Comarca de Macau e respondê-lo em liberdade, nenhuma Portaria foi publicada no Boletim Geral para investigar a conduta do Major Marques na Corporação, procedimento comum quando um policial é acusado e preso.

O Major Marques passou a ocupar o cargo de subcomandante do 11º BPM desde o último dia 10 de março, data da Portaria nº 041/2011 que trata da movimentação de oficiais.

Escrita por Soldado Glaucia

Fonte: Soldado Glaucia

4 comentários:

  1. E vc esperava o que; se vcs não cobrarem da corregedoria ou do comandante geral vai cair no esquecimento como outros fatos já cairam; quem tem que cobrar são vcs das associações porque se for eu ou outro praça já sabe cadeia.

    ResponderExcluir
  2. se for um praça no minimo 60 dias de cadeia depois um processo administrativo,ou quem sabe futura exclussão.

    ResponderExcluir
  3. Não tenho nada pessoal contra o Major, apenas fico indignado com esse Ministério Público omisso que trata cada caso de acordo com o poder aquisitivo e social de cada 1. Em casos bem mais simples vemos Pms passar 60 dias ou mais, sem provas concretas, sem que qualquer análise seja feita pelo MP, vemos casos bem mais complexos envolvendo oficiais da PM que são maqueados pela Corregedoria, algumas vezes somos convocados para depor e se não abrirmos os olhos assinaremos "termos condenatórios" ao invés de declaração. Como policiais militares está mais do que na hora de reinvidicarmos nossos direitos, a pergunta é,... O corpo policial militar está a clamar por melhorias, onde está o cérebro para nos organizar?

    ResponderExcluir
  4. vcs falam e falam,vam procurar o que fazer, macau em geral sabe que ele é inocênte,o major tinha uma conduta como um homem de bemm,nunca foi lavado e nunca se vendeu,quem conhece o major sabe que foi uma armação,alguem de vcs conferi chassis?kkkkkkk dúvida,bando de santos.

    ResponderExcluir