POLÍCIA PRENDE SEIS E MATA DOIS MEMBROS DE QUADRILHA QUE EXPLODIA CAIXAS ELETRÔNICOS

A Divisão de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte confirmou a prisão de seis membros de uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos e praticava outros tipos de assalto no estado. Durante a operação "Cash", realizada durante o fim de semana, dois bandidos foram mortos durante confronto com os policiais.

Segundo informações repassadas pela Deicor, os bandidos agiam sempre bem vestidos e com carros de grande porte, não levantando suspeitas junto à população. O criminoso apontado como chefe da quadrilha, Sueldo Lopes Guimarães - morto durante confronto com os policiais -, foi definido como um homem vaidoso e que gostava de centralizar todas as decisões sobre as ações do bando, que agiu em pelo menos sete municípios do estado (Natal, Goianinha, Brejinho, Boa Saúde, Nova Cruz, Monte das Gameleiras e São João do Sabugi).

A delegada Sheila Freitas, que comandou a operação, explicou que o bando estava escondido na zona rual de Goianinha, próximo a uma plantação de cana-de-açúcar em um lugar de difícil acesso. Fortemente armados, os policiais foram ao encontro dos criminosos e houve troca de tiros durante a ação, mas nenhum dos agentes foi baleado, enquanto dois bandidos morreram, outro foi ferido, medicado e já está preso.

Durante a operação, foram presos André Luis Nobre de Sena, Francisco de Assis Ananias dos Santos, Márcio Gomes da Silva, Evangelista Matias da Silva, Juliano Mendes da Silva, e Genilson Nobre de Sena, enquanto um bandido identificado como Daniel e o chefe do bando, Sueldo Lopes, foram mortos.

Apesar das prisões, a delegada Sheila Freitas disse que todos os membros da quadrilha ainda não foram presos, mas que houve uma grande baixa na apreensão de armas e munições. A delagada informou que as investigações vão continuar.




POLÍCIA AINDA INVESTIGA ENVOLVIMENTO DE "SENHOR" COM QUADRILHA QUE EXPLODIA CAIXAS

A Polícia Civil, no fim de semana, prendeu seis membros de quadrilha que promovia assaltos através de explosões caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte e estados vizinhos. O bando, que era comandado por Sueldo Lopes Guimarães, o "Véio", teve dois homens mortos e, de acordo com a Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor), ainda pode haver membros da quadrilha foragidos. As suspeitas de que o traficante Alexsandro Freitas de Souza, o "Senhor", tenha ligação com a quadrilha ainda não foram confirmada.

Na quinta-feira (3), a Polícia prendeu um homem que, junto a outras seis, tentaram render policiais em São Miguel do Gostoso para supostamente assaltar caixas eletrônicos na cidade. Em diligência, os policiais militares prenderam Shênia da Silva Costa, de 25 anos, que seria uma das namoradas de Senhor. Ela estava em um táxi com o filho de pouco mais de um ano, quando possivelmente iria buscar o traficante em Extremoz.

Devido à forma como eles agiram, os policiais levantaram a suspeita de que o bando poderia ter ligação com a quadrilha que assalta caixas eletrônicos no interior do estado. Porém, mesmo após a prisão de parte da quadrilha, a delegada Sheila Freitas disse que ainda não foi possível comprovar a ligação. "As investigações continuam e vamos apurar se realmente há a ligação", explicou a delegada.

Fonte: Tribuna do Norte

Um comentário:

  1. já prenderam, mais cadê que prenderam os assassinos do sd cantalice morto em baía formosa, não se ouve nem falar mais nisso infelizmente pessoal esse é o valor que vçs tem para a cúpula ou seja nada vê se aprendem a lutar pelos direitos de vçs sem ficar babando esses oficiais que não se importam com vçs.

    ResponderExcluir