FAMILIARES DE POLICIAIS PARAIBANOS IMPEDEM SAÍDA DE MILITARES PARA JOGO DA COPA DO BRASIL E POLICIAMENTO É FEITO POR ALUNOS

Militares afirmaram no Twitter aquartelamento em CG para impedir jogo do Treze e São Paulo

Depois que o governador Ricardo Coutinho (PSB) declarou à imprensa a impossibilidade de qualquer aumentos nos próximos seis meses, o processo de greve de militares que corre a boca miúda entre os profissionais da segurança pública da Paraíba, pode começar a ser concretizar nesta noite, a partir da cidade de Campina Grande.

O alerta foi dado pelo Twitter e é assinado por @policiamilitarp, que nos últimos dias vem informado a imprensa, os bastidores do movimento dos militares que lutam por uma aumento em seus vencimentos. 

A Mensagem foi postada com a seguinte informação:  

"@Clilsonjr BOMBA Nacional:Policiais de CAMPINA GRANDE estão aquartelados e não sairão para o policiamento do jogo da copa do Brasil.GREVE?" 

Há uma semana, os profissionais dessas categorias se revezam em uma vigília em em frente ao Palácio do Governo da Paraíba.

O Treze faz hoje, às 21h no Amigão, em Campina Grande, o seu primeiro grande teste do ano. O Galo da Borborema estreará na Copa do Brasil contra o São Paulo, que volta a disputar a competição depois de sete temporadas.

No início desta semana secretários do governo Coutinho pediram prazo de 10 dias para apresentar uma proposta à categoria, e hoje o govenao próprio governador foi enfático: “Não há como apresentar proposta nestes primeiros seis meses”, afirmou Ricardo Coutinho.

Cadetes fazem a segurança do jogo

Os policiais escalados para fazer a segurança do jogo entre Treze e São Paulo no estádio Amigão, em Campina Grande, permaneceram no 2º Batalhão da Polícia Militar, onde, junto com familiares fizeram um protesto. Eles querem a implantação da "PEC 300 da Paraíba".

De acordo com informações passadas por jornalistas da TV Paraíba que estão no estádio, cerca de 300 cadetes, soldados ainda no curso de formação, é que estariam fazendo a segurança no local.

Os familiares dos policiais militares impediram que os homens escalados para trabalhar esta noite saíssem do quartel. O comandante do 2º Batalhão, o Major João Da Mata, já se dirige para o lugar para tentar conversar com os manifestantes.

FONTE: Portal Paraíba 1 e Click PB

13 comentários:

  1. A coisa tem que funcionar assim; o carnaval está chegando.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Nunca mais vou assistir jogo na PB
    Ontem teve TIRO (arma de fogo) , teve TORCEDOR FERIDOS , BRIGAS
    O piciliamento foi infuciente, já vir nos estadios do RN em jogo simples ter muito mais PM`s
    1 – FALTOU PM`s nas entradas (quaquer pessoa entrava armado, não fazia revistas )
    2 – FALTOU PM`s nas arquibancadas (não tinha cordão de isolamento nem pocilias separando as torcidas)
    3 - FALTOU PM`s lado fora do estadio (brigas nas filas, failas desoganizadas , tentativa de quebrar os portões que dão acesso ao campo
    OBS: seria muito importante a CBF perdir o numero de efetivo que trabalhou no evento de ontem.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns aos PM's da Paraíba, exemplo para o Brasil.

    Deveriamos fazer isso na Copa de 2014, para o mundo ver o quanto somos desrespeitados pelos pilíticos sebosos do país.

    ResponderExcluir
  7. segundo informações do correio verdade (TV CORREIO )
    era para trabalhar 300 PM`s
    só foram 90 Pm`s

    sera que tinha isso tudo ?

    ResponderExcluir
  8. ou seu john ninquem se o policiamento foi reduzido devido a manifestação, por isso que vc viu pouco policial mais aqui na paraiba não é diferente a forma de policiamento e contigente talvez seja maior que o do RN atualmente então se não pode ajudar não atrapalhe a nossa luta agradeço.

    ResponderExcluir
  9. 2 bpm sempre a frente em td! parabens!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. link de reportagens

    http://jpb1.paraiba.tv.br (materias em JPB 1ª EDIÇÃO )

    ResponderExcluir
  12. resp/Paulo

    Todos tem direito a greve, sou a favor da greve sim, todos funcionario tem direito
    Estou apenas retratando o que eu vir lá

    Já fui a diversos jogos e eventos de grande porte
    Mais acho que nunca tinha visto segurança igual a de ontem
    revista no estadio ?

    se houve no PORTÃO QUE ENTREI não tinha nenhum policial na entrara nem se quer estavão fazendo revista

    ENTREI COM UM BOLSA (caberia 6 pistola dentro ou mais )
    NINGUEM PERGUNTOU O QUE trazia dentro

    obs: veja a materia no jornal da como joao postou o link paraiba (TV Paraiba ) 1ª edição, e tem o que falei a cima

    ResponderExcluir
  13. O COMENTÁRIO DE MARCELO DIZ TUDO! ESSA É A HORA DE TODAS AS ASSOCIAÇÕES ELABORAR UMA MANEIRA DE MOBILIZAÇÃO PARA PRECIONAR, COM FAMILIAS OU COISA DO TIPO, A PM DA PARAIBA ESTAR DANDO UM VERDADEIRO EXEMPLO DE CORAGEM PARA TODO BRASIL, AS ASSOCIAÇÕES DO RN ESTAM A DESEJAR INFELISMENTE, DESSE JEITO ESSA PEC 300 DE RN VAI SER A MAIS DESACREDITADA DE TODO PAÍS....ESSA MOBILIZAÇÃO DA PMPB É COMO A INVASÃO DOS MORROS DO RIO DE JANEIRO, NAUM TINHA NADA PLANEJADO ELES FORAM INVADINDO FORAM CHEGANDO ADPTOS AO EVENTO COMO A IMPRESSA, POLITICOS, E TODOS OS ORGÃOS PEGARAM CARONA NA PIROCTENIA DA SEGURANÇA PUBLICA E DEU CERTO, É AQUELA COISA "SE COLAR VAI ATÉ O FIM" TUDO NO BRASIL É A HORA E MOMENTO CERTO, E ESSE ESTAR MAIS QUE NA HORA, VAMOS LÁ ASSOCIAÇÕES PENSEM, TRABALHEM, NAUM FIQUEM DE BRAÇOS CRUZADOS!

    ResponderExcluir