APBMS GARANTE DIREITO DE LIBERDADE PROVISÓRIA AO SARGENTO BRAZ

A Associação dos Praças da Polícia e Bombeiros Militares do Seridó - APBMS, através de sua diretoria, na pessoa do seu presidente o Sr. João Batista, e de sua assessoria jurídica, na pessoa do advogado Rafael Diniz Andrade Cavalcante, OAB/RN 8.114, vem a público informar que está tomando todas as medidas cabíveis e legais com a finalidade de promover a defesa dos interesses de seu associado, o Sr. José Braz dos Santos, amplamente conhecido por Sgt. Braz.

Importante ressaltar, que muito embora a imprensa norteriograndense tenha noticiado nos últimos dias o episódio policial ao qual envolve o associado acima citado, com o suposto caso de pedofilia na cidade de Currais Novos/RN, tal informação não merece ser acolhida nos exatos termos ao qual alguns blogs, noticiários, jornais e outros meio de propagação de noticias divulgaram tal matéria, ao qual desde já, repugnamos algumas inverdade proferidas pela imprensa.

Diante mão, informamos que já fora impetrado no juízo competente, pedido de liberdade provisória, tendo o mesmo sido apreciado e provido em data de 21 de fevereiro de 2011, por ter nosso associado preenchido os requisitos legais para tal finalidade. Por tal razão, e sob a garantia constitucional da liberdade de nosso associado, promoveremos a defesa de todos seus direitos com o fito de solucionar o presente caso, apresentado a mídia norteriograndense sem qualquer possibilidade de contraditório ao nosso associado.

No mais, na certeza de que a Associação dos Praças da Polícia e Bombeiros Militares do Seridó - APBMS, encontra-se cumprindo seu papel, vem a público apresentar a presente nota.

CB PM João Batista Dantas
Diretor Presidente

Rafael Diniz Andrade Cavalcante
Advogado - OAB/RN 8.114
Assessor Jurídico da APBMS

Fonte: APBMS

6 comentários:

  1. Palhaçada! Realmente o direito de defesa é constituicional, espero que o presidente dessa associação juntamente com o advogado, caso consigam soltar esse,... levem ele e o hospedem em suas casas convivendo com suas crianças, depois de 01 semana vcs me contam o resultado!

    ResponderExcluir
  2. opa meu amigo acho que vc foi longe de mais o sgt ainda nao foi condenado e tao pouco provaram nada pois o processo nem começou e vc ja esta fazendo um juizo de valor estado alheio ao fato aprenda que ate que se prove ao contrario todos sao inocente queria que vc enfrentase a cupla da policia quanda nao gostarem de vc deixe o proceso terminar e seja homem nao fiqui no anonimato e se endentifique muleque por que tem sua opininhoes e nao assume nao passa de muleque.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente temos uma legislação penal garantista e afogada nos direitos humanos, porque esse pedófilo merece paredão de fuzilamento.
    PFem Natal

    ResponderExcluir
  4. Vamos aqui respeitar as opiniões de todos, mesmo de forma impessoal como estão sendo apresentadas, inclusive a sua DESABAFO, pois vivemos em uma Polícia cheia de covardia e de perseguidores.
    Dessa forma, em relação ao caso desse Sgt, eu acredito em fatos e o mesmo foi preso em flagrante pelo crime com todos os materiais relacionados ao cometimento de Pedofilia. Logo, p/ mim, ele será condenado pela just. de Deus e dos Homens, é só uma questão de tempo.

    ResponderExcluir
  5. Esse é pra esse palhaço "DESABAFO"! Rapaz, fiz esse comentário pois conheço e trabalhei na mesma unidade de Bandido, o anonimato uso igual vc usa, esse sgt é reincidente nesse tipo de crime pois foi flagrado várias vezes se masturbando fardado dentro de transporte coletivo de Caicó/jucurutu, caso queira saber quem sou venha ao 1ºBPM e se identifique que irei até vc. Só represento alguns pais que gostariam de ver cada vez mais os bandidos, principalmente fardados na CADEIA! espero que o CB Heronildes publique meu comentário,... outra coisa, se eu fosse moleque talvez tivesse sido molestado pelo SGT B. quando trabalhei com o mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Mulher Maravilha

    Muito bem "GAROTO RP". Faço minhas as suas palavras. Conheço a pessoa acusada de pedofilia e seus comportamentos suspeitos também.

    ResponderExcluir