>> EXERCÍCIO SIMULADO COM REFÉNS É REALIZADO PRÓXIMO AO MACHADÃO

Um exercício simulado realizado na tarde desta quinta-feira (11) deixou os natalenses curiosos. Um ônibus parado próximo ao Machadão abrigava reféns e sequestradores, rodeados por policiais. A situação, na verdade, fazia parte de uma capacitação visando a Copa do Mundo de 2014, sediada no Brasil.

Segundo o tenente Laranjeira, um dos responsáveis pelo treinamento, o exercício faz parte de um curso de gerenciamento de crise, que envolve as Polícias Federal e Militar, Guarda Municipal, Samu e Corpo de Bombeiros.

A situação montada era a de um assalto a ônibus que evoluía para um sequestro com reféns. Laranjeira definiu que a ação foi “um esforço da instituição em capacitar os nossos policias para gerir crises de menor e maior potencial ofensivo. O trânsito na região está um pouco congestionado, mas o constrangimento é explicado porque estamos nos preparando para uma eventualidade que pode acontecer durante a Copa do Mundo”, falou.

Porém, a falta de comunicação da ação da Polícia aos populares despertou comentários e especulações no microblog Twitter. Muito internautas chegaram escrever que se tratava de um sequestro real, até ser esclarecido pela imprensa.

Fonte: nominuto.com

2 comentários:

  1. Enquanto a polícia brincava de pega ladrão e sequestrador...Bandidos de VERDADE, atacavam e explodiam caixas eletrônicos na cidade de Extremoz...Causando pânico e terror de VERDADE na população que contribui para que o Estado promova a paz pública, o que até agora, não conseguimos obter.

    ATÉ QUANDO????

    Roupas pretas bonitas, insígnias de cursos e mais cursos, tem até os chamados "Caveiras", que ganhou maior conotação e mídia, após os filmes Tropa 1 e 2...Tudo ilusão de filmes de ação, enquanto a solidão das ruas, traz o medo e a ameaça REAL dos altíssimos índices de criminalidade regados a muito crack e bandido organizado.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos colegas do BOPE, treinem e treinem muito pq existe necessidade de profissionais bem preparados e qto ao treinamento na rua ele deve ser feito sim no ambiente mais próximo da realidade e do teatro de operaçoes. Roupas pretas p quem nao sabe nao existem por beleza ou brilhantismo ou arrogancia e sim com o objetivo de causar impacto no criminoso para que ele ao ver os homens de operaçoes especiais perceba que foi estabelecido um limite para a ação criminosa. E qto aos cursos e brevês ostentados na farda é simplesmente para o comandante no emprego de seus comandados identifique claramente e rapidamente qual o policial está habiltado para determinada atividade e se vc que critica, um dia for tomado de refém ou um familiar seu estiver em determinada situação peça a DEUS que tenha algum CAVEIRA por perto, pois o policial convencional (nao desmerecendo o pessoal do policiamento ostensivo) nao tem o conhecimento necessário que é especifico para policiais de operações especiais. A CAVEIRA é banhada de humildade por isso os CAVEIRAS entendem a sua falta de conhecimento (ignorancia) ao fazer um comentário desse tipo.

    ResponderExcluir