Lula assina decreto que cria a Bolsa Copa e a Bolsa Olímpica

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta terça-feira o decreto que cria as Bolsas Copa e Olímpica para policiais que irão trabalhar nos Jogos. Com isso, a partir de julho deste ano, os profissionais de segurança pública começarão a receber um adicional que aumentará gradativamente até a data dos eventos.

No caso da Bolsa Copa, policiais e bombeiros das capitais que sediarão as competições vão começar recebendo R$ 550 a mais em 2010. A partir de 2011, a bolsa passa a ser de R$ 665. Em 2012, o acréscimo passa a ser de R$ 760, e em 2013 de R$ 865. No ano da Copa do Mundo, os profissionais de segurança pública passarão a receber R$ 1.000 a mais no salário. O valor não será perdido após os Jogos, e será incorporado pelos governos estaduais permanentemente.

Já a Bolsa Olímpica será paga exclusivamente aos profissionais do Rio de Janeiro. No caso deles, o valor será fixo de R$ 1.200. Os policiais e bombeiros do Rio não receberão a Bolsa Copa, apenas a Olímpica até 2016. Depois dos Jogos, o valor também será incorporado aos salários pelo governo estadual.

As regras serão as mesmas do Bolsa Formação - programa que paga um adicional para os policiais que se propõem a fazer cursos de capacitação. Essa bolsa também recebeu aumento nesta terça-feira, passando de R$ 400 para R$ 443.

Fonte: oglobo.com

12 comentários:

  1. trocando em miudos, um a chupeta para os profissionais de segurança!

    ResponderExcluir
  2. tá certo, e nós do interior terá o direito a esse dinheiro quando passar a copa? o pessoal da capital passará a ganhar mil reais a mais do que nós em 2014? se for assim eu ficarei preso, por que se me escalarem para trabalhar em Natal eu não vou; isso é uma injustiça que fazem com nós do interior.

    ResponderExcluir
  3. Sou da capital, e tmb acho uma injustiça contra os PMs do interior, que trabalham muitas vezes em condições mais precárias que as nossas e nem uma melhoria na renda podem ter. Os políticos criam esses projetos mirabolantes que são verdadeiras operações "tapa-buraco" na segurança pública sem consultar quem vai receber pra ver a opinião. Não queremos bolsa, queremos dignidade e justiça salarial! Que essa injustiça sirva para aumentar nossa indignação com nossos governantes nesse ano de eleição! PEC 300 é a solução!

    ResponderExcluir
  4. nos do interior como sempre so levamos fumo

    ResponderExcluir
  5. Com certeza essa iniciativa do governo federal é pra quebrar a união da classe em prol da PEC 300, mas náo vamos engolir essa! União pra todos Pec 300 APROVAÇÃO JÁ!!

    ResponderExcluir
  6. Algum QI de ameba metido a inteligente cria uma Bolça Copa achando q vai incentivar os policiais a desenpenhar melhor o seu trabalho, más o q esse analfabeto de segurança pública não sabe é q ele acaba de criar um estopim q irá desencadear o maior descontentamento, desconforto e indignação entre a tropa criado até hoje. A PM do RN não se limita só na capital. E Grande Natal e o interior? Será q teremos todos q nos transferir p a Capital Sede da Copa?

    ResponderExcluir
  7. Algume, por favor, alguem queira explicar quem terá o direito a receber essa bolça copa, q cria uma disparidade enorme entre os salários dos PMs dos estados em q serão sediadas as copas. Isso é uma vergonha, querem abafar o andamento das PEC 300 e 41, q realmente beneficial os PMs sem distinção de estado ou lotação.7

    ResponderExcluir
  8. Em vez da PEC 300 eles tentam nos empurrar bolsas (paliativos temporários) e aumento do valor das diárias operacionais (para trabalharmos na nossa folga e cobrirmos o buraco da carência de mais policiais). Medidas como essa só comprovam mais uma vez que eles não estão nem aí para a segurança do país, e sim preocupados com as eleições.

    ResponderExcluir
  9. Isso é uma barbaridade, dentro do próprio estado, uma diferença desta, os estados terão duas polícias, quem vai querer continuar trabalhando no interior. Isto é uma das maiores injustiças ao qual já vi, pois os policiais do interior também são gente.

    ResponderExcluir
  10. O pior é que se não fizermos nada a PEC 300, nem aguá, essas bolsas são um cala boca, que quem receber vai achar bom, mas o outro lado chupando o dedo.

    ResponderExcluir
  11. Aos Praças;
    de acordo com informação repassada pela Sgt. Marta DP, o decreto que aumentava o teto dos praças que recebem até 1.700,00 para 3.200,00 e daria um aumento maior de praças no bolsa formação, não foi assinado pelo presidente. apenas ele assinou os cria as bolsas. permanecendo o teto de 1.700,00.

    ResponderExcluir
  12. Não posso acreditar que as associassões vão aceitar essa, tantos que eles falam em acabar com as disparidades nas PMS e agora eles vem com um bolsa que contempla só os pliciais das capitais, como é que eles querem acabar com as diferenças se são os proprios politicos que nos querem ver mais diferentes ainda

    ResponderExcluir