Estresse Policial

Palavras do Cabo Heronides

Nós policiais militares no nosso cotidiano presenciamos a violência, a brutalidade e a morte. Além do mais, a profissão de policial militar é uma atividade de alto risco, onde o policial em defesa da sociedade pode vim a perder a vida.

Existem fatores que ocorrem dentro da própria instituição policial militar, que fazem com que o policial venha a sofrer de estresse, são elas:
• À jornada de trabalho excessiva;
• A falta de segurança no trabalho (coletes e armas);
• O acompanhamento médico inexistente;
• O tratamento dos superiores para com o subordinado;
• A ausência do reconhecimento de um bom trabalho dentro da instituição;
• A alimentação;
• A escala extra, e,
• A carência de uma perspectiva de crescimento das praças dentro da corporação.

Os principais sintomas são a exaustão física, psíquica e emocional que decorrem de uma má adaptação do indivíduo a um trabalho prolongado e com uma grande carga de tensão.

Os fatores como a violência, a brutalidade e a morte, e os sintomas de exaustão física, psíquica e emocional, refletem na nossa vida social e familiar.

Prejudicando assim a qualidade da prestação de serviço de segurança púbica a sociedade.

Precisamos urgentemente mudar esta realidade. E somente nós policiais junto com a sociedade poderemos realizar esta mudança.

Vamos a Luta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário