Associações da Polícia Militar conseguem mudança na escala de serviço

A escala de trabalho dos Cabos e Soldados, Subtenentes e Sargentos e de Bombeiros Militares passará por modificações. Após negociações com o Comando da Polícia Militar, ficou decidido que a escala proposta pela categoria será implantada gradativamente de 12h de serviço por 24h de de folga mais 12h de serviço por 48h de folga.

De acordo com o presidente da Associação de Cabos e Soldados, Jeoás Nascimento dos Santos, “É necessário humanizar o serviço de Segurança Pública visando, principalmente, a sociedade. Propomos ao Comando uma nova escala de serviço e eles se comprometeram em atender as reivindicações das entidades, determinando o prazo máximo de até a próxima semana para adequar gradativamente essa escala. Mas levantamos a necessidade de instituir uma carga horária definida em lei. Para isso precisamos modernizar nossas legislações como o Estatuto dos Militares Estaduais”, explicou.

Na reunião realizada ontem foi abordado o Cumprimento da Lei 273 (escalonamento dos salários). “O governo estadual ainda não concluiu os estudos financeiros para a implementação, mas cobramos agilidade, pois precisamos de respostas concretas até o dia 21. O Comando garantiu que até essa data marcará reunião com os secretários e com a Casa Civil”, afirmou Cabo Jeoás.

Está agendada para a próxima sexta-feira, 21, assembléia geral e unificada da categoria, às 13h, no Clube Tiradentes, e decidirá, de acordo com o posicionamento do governo, se haverá paralisação ou não.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Um comentário:

  1. PARA A PM RECEBER UM BOM AUMENTO DE SALARIO TEM QUE PARAR GERAL DO SOLDADO MAIS RECRUTA ATE O MAIS ANTIGO, ENQUANTO NAO ACONTECE ISTO O PM VAI SEMPRE GANHAR UMA MISERIA.



    VAMOS LUTAR E VENCER A PEC 300.



    www.flexa.hdfree.com.br

    ResponderExcluir